Destaque

Mais carga, menos poluição!

0

Novo modelo de carreta vai evitar a emissão de 36 mil quilos de gás carbônico nas operações logísticas da Air Liquide

A Air Liquide Brasil iniciou as operações de seu novo veículo da área de Distribuição Gasosa: a carreta “Rodotrem”, que possui 30 metros de comprimento, capacidade para transportar 660 cilindros de uma única vez e destaque para a segurança, por meio de uma série de dispositivos instalados para proteger motoristas, condutores de outros veículos, ciclistas, motociclistas e pedestres. O projeto também se diferencia pela abordagem sustentável: estima-se que o uso da carreta deve reduzir anualmente em até 36 mil quilos a emissão de gás carbônico (CO2) nas operações logísticas da empresa, já que o veículo vai absorver as viagens que precisariam ser feitas mais vezes e por outros veículos.

A iniciativa se soma àquelas que têm sido adotadas, globalmente, pelo Grupo Air Liquide, com o objetivo de cumprir a meta de reduzir em até 30% a sua intensidade de carbono até 2025, tendo como base os níveis registrados em 2015.

Segundo Wesley Silva, Diretor Comercial para as áreas Industrial e Medicinal, o projeto do Rodotrem concretiza o objetivo da Air Liquide Brasil de agregar mais eficiência à sua cadeia logística e ao atendimento a seus clientes. “A iniciativa de desenvolver um novo modelo de carreta surgiu diante da necessidade de otimizar nossa malha logística sem perder em capacidade. Consequentemente, nossos clientes passam a contar com uma maior disponibilidade de estoque, a partir de nossas filiais, e melhores prazos no atendimento às suas demandas”, explica.

O primeiro exemplar da carreta Rodotrem já está em operação nas Regiões Norte e Nordeste, por conta das grandes distâncias existentes. Nesta fase de projeto piloto, o veículo é utilizado para transportar cilindros de gases (oxigênio industrial e medicinal, nitrogênio, argônio, ATAL – mistura gasosa para as indústrias siderúrgica e de solda, gás carbônico) entre as filiais da Air Liquide Brasil nessas regiões. A expectativa é de que, em até um ano, a frota de “Rodotrens” seja ampliada para mais veículos, para atender a todo o País.

10 mil emplacamentos!

Previous article

Qualificando tudo!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque