E a Truckvan “trintou”!
Truckvan chega aos 30 anos de Brasil como um dos principais players do segmento

Não é difícil em uma estrada ou em um evento você não passar ou pelo menos adentrar em uma carreta da Truckvan. Mesmo para quem não conhece, não é do setor de transportes, a marca é famosa principalmente pela customização de seus produtos. E agora, chegou aos 30 anos de Brasil. Com crescimento mais que consolidado no setor, a empresa fechou o ano de 2021 com um faturamento de 278 milhões, resultado superado pelo terceiro ano consecutivo.

A produção de semirreboques teve um crescimento de 120% comparado a 2020, em uma ascensão constante desde 2019. No primeiro ano foram produzidas 270 unidades, no período seguinte 502, e 1.098 produtos emplacados em 2021. Ao total foram 1600 equipamentos, incluindo semirreboques, carrocerias sobre chassis e unidades móveis.

Outro destaque nesse cenário foi o aumento do quadro de funcionários, seguindo a estratégia de não demitir durante o período pandêmico, totalizando 600 colaboradores.

A empresa ampliou sua linha de produtos com o lançamento da linha de basculantes e porta-contêineres, e voltou a se consolidar com uma das maiores fabricantes de carrocerias para o transporte de bebidas. Focada no crescimento, a diretoria da empresa prevê investimentos audaciosos para 2022.

“Graças a Deus nos últimos anos temos errado para mais em nossas previsões de crescimento, nos superando ao longo de cada jornada, e lançando mão de ferramentas, estratégias, e investimentos, nem sempre previstos no plano macro para o período. Para 2022 nossas metas são seguir melhorando nossa performance quantitativa, incrementar pontos visando aumento na produtividade, crescer em cobertura territorial para maior capilaridade no Brasil”, afirmou o presidente da Truckvan, Alcides Braga.

Exterior

“O Brasil é o principal produtor para a indústria de implementos rodoviários da América Latina, e a Truckvan vem desenvolvendo seu plano de cobertura para os países do bloco, estratégia que já funciona em alguns para o fornecimento de unidades móveis especiais e produtos de série para carga, e que agora pretendemos atacar de maneira forte e efetiva esses destinos, que com certeza são demandados por nosso portfólio de forma universal na região”, pontuou Braga.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rodovias 5 estrelas!

Rodovias 5 estrelas!

DNIT avança na classificação de rodovias federais pela metodologia IRAP

+ categorias