De olho na gestão do frete!
Grupo Agrega apresenta consultoria gratuita de gestão de riscos para fretes

Fator crítico para o desenvolvimento de uma empresa, os custos logísticos no Brasil são um dos mais elevados do mundo. De acordo com o estudo Panoramas Setoriais 2030 – Logística, realizado pelo BNDES, isso se deve principalmente ao modal mais utilizado ser o rodoviário, aliado às grandes distâncias percorridas.

Na busca por oferecer o melhor preço ao consumidor final, toda redução é válida. E rever tanto processos quanto a composição da própria cadeia logística são passos importantes.

É pensando na qualidade e efetividade das operações de transporte que o Grupo Agrega, que oferece soluções disruptivas de logística de transporte para a indústria, apresenta ao mercado uma consultoria gratuita em Gestão de Riscos.

O serviço, realizado pelos especialistas do Grupo Agrega, tem como objetivo analisar os custos atuais com o frete realizado por transportadoras, comparando-os com a substituição pelo modelo de primarização logística.

“Nossos analistas avaliam, em primeiro lugar, o ambiente da empresa quando o assunto é gestão logística. Em seguida vamos para o mercado, fazemos uma análise dos custos de optar por caminhoneiros autônomos, apresentando um parecer da economia potencial”, explica Jarlon Nogueira, CEO da Grupo Agrega.  

A partir do panorama identificado, a alta gestão da empresa decide se os benefícios potenciais são válidos a ponto de valer a pena realizar a troca.

Entenda a primarização logística 

Neste modelo de frete, todo o processo de é realizado sem intermediários ou agenciadores. O resultado é a redução de custos de 15 a 30%, além de elevar a eficiência e a qualidade do nível dos serviços realizados.

Com um portfólio de clientes formado por gigantes como o Grupo Tigre, as soluções inovadoras do Grupo Agrega oferecem a gestão das operações por meio de uma plataforma digital. Já o monitoramento de cada viagem é realizado, em tempo real, por meio de sistemas e dashboards que permitem o controle completo das operações. 

As ofertas são possíveis pela utilização de tecnologias transformadoras como inteligência artificial, machine learning, data science, business intelligence e internet das coisas. Juntas, elas oferecem uma gestão integrada, preditiva e segura de todos os ativos logísticos.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Novas tarifas!

Novas tarifas!

Tarifas de linhas semiurbanas de diversas regiões do país são atualizadas

Quase real!

Quase real!

Honeywell melhora sua experiência de treinamento industrial com tecnologia de realidade aumentada

+ categorias