Schaeffler quer rumar à eletrificação!
Schaeffler leva para o IAA 2022 soluções de eletrificação e células de combustível

E a Schaeffler  debutou no IAA e começa com o pé direito apresentando soluções de eletrificação e células de combustível. O foco se dá principalmente pela visão da empresa em enxergar um cenário desafiador onde caminhões e ônibus representam apenas 4% do estoque global de veículos, mas respondem por 40% das emissões globais de CO2 no transporte rodoviário.

“Isso significa que os desafios para OEMs (Original Equipment Manufacturer – fabricante do equipamento original) e fornecedores são óbvios: expandir a eletrificação, reduzir emissões e desenvolver soluções inteligentes em automação e digitalização. Estamos desenvolvendo produtos inovadores de propulsão e chassis para apoiar o desenvolvimento de uma logística sustentável”, disse Klaus Rosenfeld, CEO da Schaeffler AG. Como parceira confiável do setor de transporte e logística há mais de 75 anos, a Schaeffler produz anualmente mais de 80 milhões de rolamentos para clientes de veículos comerciais em todo o mundo.

Na visão do executivo, o maior crescimento no mercado de powertrain de veículos comerciais virá da eletrificação. “A Schaeffler oferece uma gama muito ampla de soluções para acionamentos elétricos e estamos buscando um grande crescimento aqui”, disse Matthias Zink, CEO Automotive Technologies da Schaeffler AG. As soluções incluem acionamentos elétricos para cargo bikes e eixos elétricos para picapes de até 7,5 toneladas, além de sistemas e componentes para eletrificação de grandes caminhões. Já no próximo ano, os primeiros motores elétricos de alto desempenho para veículos comerciais entrarão em produção em série. Além disso, está em desenvolvimento uma nova geração de motores elétricos refrigerados a óleo, com eficiência de conversão de energia superior a 97%. Muitos componentes individuais desses motores elétricos são fabricados internamente – a Schaeffler é uma das poucas empresas em todo o mundo que domina tecnologias altamente especializadas em bobinagem de estatores, como enrolamentos em hairpin e wave. Essas tecnologias permitem à empresa produzir motores com desempenho cada vez mais alto.

A Schaeffler prevê que cerca de 60% de todos os veículos comerciais ainda serão movidos por motores de combustão interna em 2030, com 20% movidos de forma híbrida e aproximadamente 20% serão totalmente elétricos. Porém, em 2035 – apenas cinco anos depois –os veículos totalmente elétricos e movidos a células de combustível representarão cerca de 40% do mercado.

Células de combustível

O foco tecnológico da Schaeffler para powertrains de veículos comerciais também inclui o hidrogênio. A empresa acredita que o setor de transporte de longa distância será o primeiro a adotar os propulsores por células de combustível. No entanto, vans também se beneficiam dessa tecnologia já que usualmente percorrem distâncias maiores de forma regular. Na IAA Transportation, a Schaeffler apresenta uma van movida a célula de combustível: o eixo elétrico do veículo e as pilhas de células de combustível, bem como seu sistema de gerenciamento de energia, foram desenvolvidos internamente – processo que expandiu significativamente o know-how da companhia em powertrains movidos a células de combustível.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Para investir!

Para investir!

Em Nova Iorque, representantes de 15 países são convidados a investir nas rodovias brasileiras

Omni ligada no trecho!

Omni ligada no trecho!

Omni lança linha de empréstimo específica para retífica e manutenção de caminhões

Tudo monitorado!

Tudo monitorado!

MG tem rodovias monitoradas em tempo real: entenda como a tecnologia otimiza a logística e trânsito nas estradas

+ categorias