Só no QR Code!
ZF Aftermarket utiliza QR Code em embalagens de peças e leva benefícios para a cadeia de reposição

A ZF Aftermarket anuncia a utilização de QR Code nas embalagens de suas peças de reposição para o mercado brasileiro. Inicialmente a nova solução foi introduzida em todas as embalagens das embreagens SACHS e o objetivo é, até o final de 2023, estendê-la para todas as embalagens das marcas da ZF Aftermarket, LEMFÖRDER, TRW, WABCO e ZF.  

De acordo com Tales Miranda, Gerente Sênior de Desenvolvimento de Produtos da ZF Aftermarket, com a mais nova iniciativa da ZF para a marca SACHS, todos os elos da cadeia de reposição poderão obter vários benefícios, apenas ao direcionar a câmera do celular para o QR Code impresso nas embalagens. Dentre eles está o acesso a várias informações sobre as características de cada peça, além da possibilidade de checagem sobre sua autenticidade, o que traz a essa nova funcionalidade o benefício de auxiliar no combate ao uso de peças pirata no mercado de reposição. “A função de checagem de autenticidade da peça é inédita nesse mercado, certifica a autenticidade do produto adquirido e traz ainda mais segurança para o vendedor, aplicador e ao usuário final”, diz Tales.  

Na lista de vantagens há também a instrução básica de montagem em vídeos. São filmes curtos criados pelo programa de qualificação Amigo Bom de Peça, especialmente para indicar o passo a passo correto de instalação das peças.   

Além disso, no mesmo link do QR Code, a ZF Aftermarket inseriu o certificado de garantia on-line da peça adquirida. Com o arquivo da garantia virtual, o uso do papel é eliminado, bem como o seu acesso é facilitado. A solução atende tanto uma necessidade dos mecânicos como do consumidor final.  

Acesso direto ao catálogo de placas on-line relativas à peça

No mesmo QR Code será possível ainda contar com o acesso direto a um catálogo com busca por placas on-line. Com a funcionalidade, toda a cadeia de reposição terá vantagens. Desde o reparador, que terá certeza de que as peças que está utilizando são compatíveis com o veículo em manutenção, o varejista e distribuidor, que deixarão de ter devoluções pela venda de peças em desacordo com os veículos, até o consumidor final, que terá a segurança da aplicação da peça própria para seu veículo. A funcionalidade de busca por placas permite que o reparador ou vendedor de autopeças obtenha dados básicos dos veículos, como marca, ano de fabricação e modelo. “Com isso, é possível acessar a relação completa de peças aplicadas no veículo em manutenção”, explica.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Mais desafios!

Mais desafios!

Setor de transportes se destaca no PIB em 2023, mas enfrenta desafios para o ano seguinte

Projetos aprovados!

Projetos aprovados!

Tribunal de Contas da União aprova projetos de concessão das rodovias BR-381/MG e BR-040/MG/GO

+ categorias