Verba garantida!
Maranhão terá para este ano R$ 959 milhões destinados para rodovias federais

Durante visita técnica às obras da BR-226/MA, em Timon, ontem (22), o ministro dos Transportes, Renan Filho, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabricio de Oliveira Galvão, confirmaram o orçamento de aproximadamente R$ 959 milhões para obras de construção e serviços de manutenção/conservação para o Maranhão. O montante previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) será investido pelo Governo Federal ao longo deste ano.

Com ritmo intenso, as obras de pavimentação e melhoramentos da BR-226/MA e de implantação e pavimentação da BR-316/MA (Contorno de Timon) foram retomadas em abril deste ano. A continuação dos serviços terá investimento total de R$ 153,4 milhões. O empreendimento do km 0 ao 100 na BR-226/MA e do km 609,4 ao 620,9 na BR-316/MA, totaliza 111,5 quilômetros de pistas a receberem melhorias.

Durante a visita também foi confirmada a federalização da MA-006, que agora passa a ser denominada BR-330/MA. A transferência do trecho estadual para a União fica entre os municípios de Balsas e Tasso Fragoso, totaliza a extensão de 143 quilômetros e foi formalizada no dia 12 de junho. E para garantir que o segmento não ficasse descoberto, o DNIT se antecipou e realizou a contratação dos serviços de manutenção, que terá um investimento de R$ 80,4 milhões a serem aplicados ao longo de dois anos.

E os investimentos para a malha rodoviária do Maranhão não param. Outro destaque é a abertura da licitação para as obras remanescentes da duplicação do lote 3 da BR-135/MA. A contratação da adequação de capacidade inclui duplicação, implantação e pavimentação de vias laterais, recuperação, reforço e alargamento de obras de arte especiais. As melhorias visam ampliar a segurança na rodovia federal BR-135/MA, do km 95,6 ao km 127,75 e vão atender 32,15 quilômetros.

As obras de adequação da BR-135/MA estão estimadas em aproximadamente R$ 151 milhões. O investimento é de extrema relevância tendo em vista que a BR-135/MA é a única via de acesso rodoviário à capital maranhense, São Luís. Além disso, é de importância estratégica para o Maranhão e para todo o país por permitir o escoamento da produção agrícola da região do MATOPIBA, formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, até o Porto do Itaqui.

Com informações Dnit

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Transporte verde!

Transporte verde!

DHL Supply Chain apresenta Política de Transporte Verde para consolidar padrão global de sustentabilidade para sua frota

+ categorias