Verba garantida!
Maranhão terá para este ano R$ 959 milhões destinados para rodovias federais

Durante visita técnica às obras da BR-226/MA, em Timon, ontem (22), o ministro dos Transportes, Renan Filho, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabricio de Oliveira Galvão, confirmaram o orçamento de aproximadamente R$ 959 milhões para obras de construção e serviços de manutenção/conservação para o Maranhão. O montante previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) será investido pelo Governo Federal ao longo deste ano.

Com ritmo intenso, as obras de pavimentação e melhoramentos da BR-226/MA e de implantação e pavimentação da BR-316/MA (Contorno de Timon) foram retomadas em abril deste ano. A continuação dos serviços terá investimento total de R$ 153,4 milhões. O empreendimento do km 0 ao 100 na BR-226/MA e do km 609,4 ao 620,9 na BR-316/MA, totaliza 111,5 quilômetros de pistas a receberem melhorias.

Durante a visita também foi confirmada a federalização da MA-006, que agora passa a ser denominada BR-330/MA. A transferência do trecho estadual para a União fica entre os municípios de Balsas e Tasso Fragoso, totaliza a extensão de 143 quilômetros e foi formalizada no dia 12 de junho. E para garantir que o segmento não ficasse descoberto, o DNIT se antecipou e realizou a contratação dos serviços de manutenção, que terá um investimento de R$ 80,4 milhões a serem aplicados ao longo de dois anos.

E os investimentos para a malha rodoviária do Maranhão não param. Outro destaque é a abertura da licitação para as obras remanescentes da duplicação do lote 3 da BR-135/MA. A contratação da adequação de capacidade inclui duplicação, implantação e pavimentação de vias laterais, recuperação, reforço e alargamento de obras de arte especiais. As melhorias visam ampliar a segurança na rodovia federal BR-135/MA, do km 95,6 ao km 127,75 e vão atender 32,15 quilômetros.

As obras de adequação da BR-135/MA estão estimadas em aproximadamente R$ 151 milhões. O investimento é de extrema relevância tendo em vista que a BR-135/MA é a única via de acesso rodoviário à capital maranhense, São Luís. Além disso, é de importância estratégica para o Maranhão e para todo o país por permitir o escoamento da produção agrícola da região do MATOPIBA, formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, até o Porto do Itaqui.

Com informações Dnit

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Seguindo em frente!

Seguindo em frente!

DNIT segue trabalhando para entregar obras de adequação da BR-230/PB, em Campina Grande

Mais acessível!

Mais acessível!

Região serrana do Rio atrai turismo de inverno com passagens de ônibus acessíveis

Olho no meio ambiente!

Olho no meio ambiente!

Uso de asfalto reciclado pela Arteris pode reduzir em até 50% as emissões de CO2 em comparação ao material convencional

+ categorias