Destaque

A caixa que todos querem

0

I-Shift da Volvo completa 20 anos

A inovadora caixa de câmbio I-Shift da Volvo está completando 20 anos desde seu lançamento global, na Suécia. Responsável por uma grande mudança de comportamento no transporte mundial de cargas, a avançada transmissão eletrônica da marca chegou pouco tempo depois ao Brasil, quando já em 2003 começou a equipar os caminhões FH e NH fabricados no País.

“A I-Shift é um marco da indústria de caminhões, graças ao seu impacto positivo nas operações de transporte”, declara diz Pär Bergstrand, gerente de transmissões pesadas da Volvo Trucks. Ele se refere principalmente aos benefícios que o equipamento proporcionou: redução no consumo de combustível, um dos mais importantes itens na planilha de despesas do transportador; melhor desempenho do caminhão; diminuição dos custos de manutenção; maior conforto e menor esforço físico para o motorista e mais segurança na atividade.

Vanguarda

Ao lançar a I-Shift, a Volvo Trucks ratificou a sua firme crença em um sistema de transmissão mais eficiente para trocas de marchas de forma automatizada. O sucesso se deveu também ao vanguardismo da Volvo, pois foi a primeira fabricante a adequar o sistema para transportes de longa-distância. Recebido inicialmente com certo ceticismo, o dispositivo rapidamente conquistou os motoristas pela sua modernidade, com a seleção de marchas de acordo com a carga e a necessidade de potência do veículo no momento exato, sempre buscando o melhor consumo possível.

“A I-Shift colaborou decisivamente para mudar a atitude dos motoristas. Era avançada e ao mesmo tempo simples de ser utilizada, contribuindo para uma condução mais correta”, lembra Jeseniel Valério, gerente de engenharia de vendas da Volvo no Brasil. Inteligente, a transmissão otimiza as trocas de marcha durante todo o percurso do veículo, eliminando variações na condução com caixa manual provocadas pelo cansaço do motorista, que resultam em perdas de performance e maior consumo de combustível.

Segurança

“Um dos principais predicados da caixa I-Shift é trabalhar em conjunto com o freio motor VEB em descidas. Ela realiza trocas de marchas precisas garantindo que o freio motor entregue sempre sua máxima potência de frenagem, aumentando as velocidades médias e garantindo total segurança em descidas de serra, por exemplo”, explica Valério, ressaltando ainda que a transmissão Volvo “garante maior durabilidade da embreagem e menor desgaste de pneus”.

Somente Elas

Previous article

Prioridade também na Influenza

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque