Destaque

A chuva vem. Os prejuízos ficam

0

Prejuízos com chuvas na Ceagesp passam dos R$ 50 milhões

Chegam as chuvas, fica-se os prejuízos nas grandes capitais do país. nas ultimas semanas em São Paulo a vitima foi nada menos que o Ceagesp. Os prejuízos de R﹩ 31 milhões dos associados da Apas (Associação Paulista de Supermercados) e de R$ 24 milhões dos permissionários do Entreposto Terminal de São Paulo (ETSP) da Ceagesp, na Vila Leopoldina, devido à inundação de suas instalações esta semana, expõem os riscos para a segurança alimentar e a urgência de um novo centro de abastecimento para São Paulo que já está nascendo em Perus

Mais de sete toneladas de alimentos desperdiçados. Supermercados, feirantes, peixarias, sacolões e pequenos varejistas sem produtos para vender. Oferta menor e pressão sobre os preços de hortifrutigranjeiros. Esta é a síntese dos danos causados pela soma de dois fatores: as fortes chuvas e a infraestrutura antiquada do ETSP. A primeira causa é incontrolável, mas a segunda tem solução, que é a construção de um novo entreposto para a maior cidade brasileira.

Esta é avaliação de permissionários da própria Ceagesp, que ficaram sem condições de trabalhar a partir de segunda-feira, 10 de fevereiro, até as 14 horas da quarta-feira (12). Sua precariedade, além de comprometer o fornecimento de hortifrutigranjeiros e pescados e causar a perda de mercadorias, bloqueia o trânsito e impede a entrada e saída de veículos e cargas.

A rotina do local, mesmo sem chuvas, é marcada por congestionamento de caminhões e das vias adjacentes, demora nas operações de carga e descarga, estrutura precária para a comercialização e desperdício diário de alimentos.

Um por todos, todos por um

Previous article

Nostalgia e recordes

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque