Notícias do Dia

Ainda sem acordo

0

Tabela de frete terá mais uma rodada de conversas

Terminou sem acordo a audiência entre representantes do setor produtivo e dos caminhoneiros sobre o tabelamento do frete no Supremo Tribunal Federal (STF). As partes vão se reunir novamente no dia 27 de abril para uma nova discussão.

A audiência, realizada no início da tarde de terça-feira (10/3), foi convocada pelo ministro Luiz Fux, relator de três ações que pedem a inconstitucionalidade do Tabelamento do Frete, introduzido pela Medida Provisória 832/2018 (posteriormente convertida na Lei 13.703/2018). A MP foi uma resposta do governo Michel Temer para dar fim à greve dos caminhoneiros.

O setor empresarial propõe que os valores previstos na tabela do frete sejam usados como referência, enquanto os caminhoneiros insistem que o valor seja vinculativo e impositivo. As duas partes mostraram, desde o início do dia, resistência e pessimismo quanto à possibilidade de algum acordo, e chegaram a dizer que preferem que as ações sejam julgadas o mais breve possível.

No fim da reunião, porém, o setor produtivo se mostrou mais otimista quanto a uma possível negociação. O ministro Luiz Fux disse que “por pouco” não se chegou a uma conciliação, e afirmou que na próxima reunião as partes devem discutir a possibilidade de tornar a tabela do frete referencial e não impositiva.

“Depois de duas audiências antecedentes, hoje surgiram novas propostas e por muito pouco não chegou-se a uma negociação. Só que essa proposta era tão nova que eles pediram uma nova rodada de negociação para amadurecer esses novos números que surgiram”, disse Fux.

Fonte: Jota

Um busão “limpo”

Previous article

Mais uma facilidade

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *