Notícias do Dia

Desafio foi lançado!

0

Grupo Traton se prepara para a reabertura da economia em um ambiente muito desafiador

Antecipando uma desaceleração do mercado na Europa e devido aos efeitos iniciais da pandemia global de coronavírus, o GRUPO TRATON registrou quedas nas vendas unitárias, na receita de vendas e no lucro operacional nos primeiros três meses de 2020, e agora está se preparando para a reabertura da economia em um ambiente muito desafiador. As vendas unitárias das três marcas MAN, Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus diminuíram em 20% para 46.000 (nível do ano anterior: 57.200) nos três primeiros meses do ano.

Com as vendas unitárias de caminhões em queda de 21% para 42.000 (53.000) veículos, o declínio foi mais acentuado do que nos ônibus, em que foi registrada uma redução de 4% para cerca de 4.000 (4.200) veículos.

“Os efeitos da pandemia de coronavírus estão afetando fortemente a economia como um todo, e isso também vale para o GRUPO TRATON. O que a Europa precisa agora é de incentivos ao investimento para a modernização das frotas de caminhões com tecnologias mais sustentáveis, como forma de superar a crise neste setor crítico para o sistema, ” disse Andreas Renschler, CEO da TRATON e membro do Conselho Administrativo na Volkswagen AG.

Entre janeiro e março, o GRUPO TRATON gerou uma receita de vendas de €5,7 bilhões (€6,4 bilhões), uma contração ano a ano de 11%. Em €161 milhões (€490 milhões), o lucro operacional caiu dois terços.

O retorno operacional das vendas caiu para 2,8% após 7,6% nos três primeiros meses do ano anterior. Os pedidos recebidos reduziram 16% para 54.200 unidades. A proporção pedido e faturamento (vendas unitárias divididas por pedidos recebidos) foi de 1,18 em comparação com 1,13, conforme registrado nos três primeiros meses de 2019.

Olho no peso!

Previous article

Um por todos…

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *