Notícias do Dia

É preciso reposicionar

0

Com quase 70 anos, Tecfil muda reposicionamento

Fundada em 1953, a Tecfil – líder e maior fabricante de filtros automotivos da América Latina – possui uma trajetória de sucesso marcada por investimentos em pessoas e tecnologia, que alçaram a companhia ao posto de uma das principais indústrias nacionais. A empresa tornou-se sinônimo de qualidade na produção de filtros automotivos, com uma estrutura capaz de atender clientes e treinar profissionais em todo o território nacional. Posicionando-se como uma indústria 4.0 de filtros e atingindo um alto nível de excelência nos últimos anos, a Tecfil dá um novo passo em sua história e anuncia a renovação de sua marca.

“O novo posicionamento “O Futuro é Tecfil” reflete os atributos da marca construídos ao longo de quase 70 anos de atuação – como a busca pelos mais altos padrões de qualidade, inovação e o constante investimento em pessoas, estrutura e tecnologia. E mostra como a empresa se preparou para liderar as principais inovações no segmento, a fim de se tornar uma das maiores referencias em indústria no continente”, explica Wagner Vieira, diretor comercial da Tecfil.

“Aqueles que conhecem a Tecfil de perto surpreendem-se com o nível de tecnologia e precisão que integram nosso processo de produção. Atingimos os mais altos níveis de desenvolvimento mesmo comparados aos padrões internacionais. Estava na hora de mostrar tudo isso para mais pessoas. Faz tempo que a Tecfil se preparou para o futuro, e, agora, todos podem ver”, conta Flavio Montanari Boni, diretor industrial da Tecfil.

Eleita por 12 vezes entre as melhores empresas para trabalhar no “Guia Você S/A – As 150 Melhores Empresas para Trabalhar”, a Tecfil sempre valorizou o elemento humano ao longo de sua trajetória como um dos seus pilares e, nesta próxima década, não será diferente. “Para nos posicionarmos à frente do mercado, a participação dos nossos colaboradores é fundamental, seja nas estratégias empresariais quanto nas ações junto a todas as nossas frentes de atuação”, destaca Rogel Delgado, diretor administrativo e financeiro da Tecfil.

Novo “manda-chuva”

Previous article

Combustível do bem

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *