Notícias do Dia

Estratégia certeira!

0

Frigo King acerta na estratégia e cresce 26% em ano de crise

A Frigo King, empresa que fabrica equipamentos de alta tecnologia para refrigeração de cargas transportadas em baixas temperaturas, registrou em 2020 crescimento em seu faturamento da ordem de 26%. Em 12 meses as vendas da empresa foram de R$ 28 milhões, ante R$ 22,3 milhões em 2019.

“O resultado é fruto de nossa visão estratégica onde entendemos que só com um programa contínuo de investimento em desenvolvimento de produtos poderíamos nos manter competitivos”, afirma Marcos Augusto Pordeus de Paula, diretor da Frigo King.

Durante as duas crises a empresa alterou seu mix de equipamentos oferecendo ao mercado máquinas mais completas, com mais funcionalidades e maior valor agregado. “Essa modificação foi bem aceita pelos clientes”, lembra o executivo. O resultado foi o aumento no faturamento mesmo com redução no volume de equipamentos vendidos. Em 2020, a Frigo King entregou 1.055 máquinas ante 1.101 equipamentos no ano anterior, o que representa retração de 4%.

Segundo semestre aquecido. Marcos lembra que após a paralisia no mercado motivada pela pandemia, ocorrida no primeiro semestre de 2020, as vendas reagiram com força. “Enfrentamos falta de crédito e de matérias-primas mas no segundo semestre de 2020 a situação mudou”, lembra e completa: “o crescimento da Frigo King foi uniforme”.

Assim, o ano de 2020 foi finalizado em ritmo muito forte de operações, segundo Marcos. Com a chegada das vacinas a pandemia, como fator que atrapalha o andamento da economia, deverá diminuir e com isso o executivo acredita que 2021 deverá ser um ano de mercado aquecido. “Esperamos crescer 30% em faturamento”, prevê.

Este ano também marca o primeiro em que as novas instalações fabris da Frigo King trabalharão a plena carga. Isso porque em 2019 a companhia completou a mudança em suas linhas de produção, preparada para produzir mais no ano seguinte. Mas a paralisia nos negócios, causada pela pandemia, adiou os planos da empresa para 2021.

Ação durante a crise. Os planos de ação estratégica da empresa começaram a ser implementados em 2014. Na ocasião a Frigo King iniciou o desenvolvimento do Power Mobil, gerador para contêiner frigorífico, que estreou no mercado em 2019.

O primeiro lote de vendas teve seis peças, passando para 30 máquinas em 2020 e com venda já acertada de 60 equipamentos em 2021. As linhas Apolo e Titan, bastante conhecidas no mercado, foram desenvolvidas em 2016, durante a crise. “Em momento algum diminuímos o ritmo”, lembra Marcos.

Exportação. As vendas ao exterior cresceram em 2020. A Frigo King faturou US$ 1,7 milhão no ano passado contra US$ 1,5 milhão em 2019. “A taxa de câmbio ajudou mas a empresa conquistou novos mercados também como Bahrein e República Dominicana”, explica Marcos.

Atualmente a Frigo King exporta para 23 países. São eles: Estados Unidos Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Quatar, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Panamá, Costa Rica, El Salvador, Nicarágua, Honduras, Guatemala, México, Canadá, Jamaica, Índia e República Dominicana.

Parceria. A Frigo King também ampliou sua atuação no transporte de medicamentos, ação bastante oportuna em face da crise atual. A empresa assinou acordo de distribuição exclusiva no Brasil da linha Pharma Express.

Gerente novo!

Previous article

Na Europa, Mercedes apresenta Actros para quem quer custo x benefício

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *