Notícias do Dia

Exportação de brutos

0

Volvo CE exporta 50 caminhões articulados para a Europa durante pandemia|

Com a interrupção temporária de produção na Suécia em março, no início da pandemia Covid19, a fábrica brasileira de equipamentos de construção da Volvo ficou responsável por complementar as entregas de caminhões articulados modelo A30G para o continente Europeu em 2020. As primeiras unidades já estão sendo embarcadas no porto de Santos (SP) e as entregas seguem até setembro.

Integrada ao sistema de produção global da marca e com forte perfil exportador, a unidade da Volvo em Pederneiras (SP), mais uma vez foi acionada para suprir a demanda de mercados fora de sua região de fornecimento habitual. No momento da eclosão da pandemia Covid19 na Europa, a Volvo Construction Equipment optou pela fabricação de 50 caminhões articulados no Brasil, diante da impossibilidade temporária de produzir essas unidades em sua matriz na Suécia. “Somos reconhecidos por nossa flexibilidade industrial e alta qualidade. Estamos totalmente preparados para atender às necessidades de qualquer mercado Volvo no mundo”, afirma Wladimir Garcia, vice-presidente de operações industriais da Volvo CE na América Latina.

As unidades do A30G brasileiro seguirão para a Noruega, Inglaterra, Polônia, Alemanha, Bélgica, França e também Israel, no oriente médio. “Devido ao alto valor agregado deste tipo de máquina, esse volume de 50 caminhões articulados é bastante expressivo”, argumenta Massami Murakami, diretor de planejamento estratégico da Volvo CE na América Latina. Além desse lote para a Europa, os articulados fabricados no Brasil são exportados para os Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Oceania, para diversos países da América Latina e também distribuídos no próprio mercado brasileiro. A Volvo é a única marca a fabricar caminhões articulados no Brasil, sendo esse produto homologado pelo Finame.

A encomenda vem do céu

Previous article

Opa, sem crise na BR

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *