Destaque

FMX MAX: mais toneladas, menor custo operacional!

0

Novo Volvo FMX MAX chega com maior capacidade

Quer ainda mais capacidade aliada a um menor custo operacional? Simmm, deve ser a reposta de 100% dos operadores que atuam na área de mineração e construção pesada no Brasil. Então a Volvo aproveitou a nova família F e de quebra olhou para este setor que vem crescendo a cada ano e pronto: está aí o novo Volvo FMX Max. Com um novo eixo traseiro, novas suspensões dianteira e traseira e freios de maior desempenho, ele possui uma carga útil muito maior, com um PBT (Peso Bruto Total) de 58 toneladas em sua versão 8×4, o que representa um aumento de 10% na capacidade de carga do modelo. O FMX MAX tem opções de motorização de 460, 500 e 540cv.

“O FMX MAX é uma excelente opção para os operadores que precisam de veículos que suportem mais peso e sejam muito robustos para várias aplicações pesadas”, declara Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões da Volvo. “Ele tem uma configuração que maximiza ganhos e reduz o custo operacional, com maior capacidade de carga, maior produtividade e robustez, mantendo sua grande disponibilidade”, complementa William Junqueira, engenheiro de vendas da marca.

Versão 8×4 está com PBT de 58 toneladas

Tudo é conseguido com os avanços introduzidos no caminhão, oferecido nas configurações 6×4, 6×6 e 8×4. A começar pelo eixo traseiro de maior durabilidade, produzido pela Volvo, com 38 toneladas de capacidade de carga vertical, permitindo capacidade máxima de tração (CMT) de 225 toneladas em aplicações de mineração.

Suspensões

Com novos feixes de molas e lâminas reforçadas, a suspensão dianteira garante capacidade de 20 toneladas (10 toneladas por eixo) na dianteira. Na traseira, que suporta 38 toneladas, ela agora é equipada com robustas barras de proteção, uma travessa central 100% fundida e molas parabólicas, que resistem mais à fadiga, oferecem menor peso e rodar suave e confortável. O modelo tem um chassi duplo integral standard, rodas ainda mais reforçadas e freios de serviço 8% mais eficientes, além de EBS e retarder de série. “É um veículo ainda mais forte e que carrega mais peso, sem renunciar a sua grande durabilidade”, diz Jeseniel Valerio, gerente de engenharia de vendas da Volvo.

Cabine

O FMX MAX já nasce com o novo design FMX. A nova cabine aproximou seu visual ao do FH e recebeu inúmeras mudanças, com novos faróis, retrovisores, para-choque e piscas laterais. A nova cabine traz mais espaço interno, garantindo visibilidade 10% maior, graças à área envidraçada maior. Uma inovadora escotilha em aço é também uma saída de emergência em caso de acidentes, permitindo abertura para circulação de ar e a redução de calor.

O interior foi aprimorado, com um painel de instrumentos 100% digital de 12 polegadas. O menu possui diferentes possibilidades de telas configuradas para a conveniência do condutor e das necessidades da aplicação. O painel garante facilidade nas inspeções pré-viagem, muito importantes nas aplicações fora de estrada, na checagem automática, por exemplo, de desgaste dos freios e do nível do fluído de arrefecimento, entre inúmeras outras verificações. O condutor pode destacar os dados que interessam naquele trabalho, como por exemplo a pressão do turbo ou a velocidade, sem encher a tela com outras informações que não precisa.

Multimídia

A nova central multimidia de 9 polegadas traz tudo ao alcance da visão do condutor, desde o rádio e a parte de comunicação, até aplicativos e outras configurações do veículo. Tudo pode ser acessado nos novos controles do volante, seja trocar as telas do painel principal ou na central multimídia, ou manejar outras funções, como o piloto automático e manter a distância do veículo à frente, entre outros comandos.

Configurações 6×4, 6×6 e 8×4 e potência de 460, 500 e 540 cavalos

Condução

O FMX MAX tem até cinco modos de condução: o Econômico e o Performance, e agora os inéditos Standard, Off Road e HD (Heavy Duty). A nova inteligência da transmissão I-Shift atua em diversas situações, alterando pontos e rotações de trocas de marcha, privilegiando a produtividade. Além disto, a caixa I-Shift traz software específico para as operações de Mineração e Construção. Outras novidades são o controle da tração de série, auxílio de partida em rampa e o bloqueio diferencial automático. O caminhão tem ainda as funcionalidades ABS e Controle de Tração com modos de operação Off Road, especialmente desenvolvidos para tarefas fora de estrada. Para facilitar o dia a dia do motorista, o painel de controle de tração concentra todas essas funções no mesmo lugar. Sem contar com a nova alavanca da caixa I-Shift, menor e mais ergonômica. Com os avanços tecnológicos, o painel de controle de tração concentrou as funções no mesmo lugar, de fácil acesso e comando.

O FMX MAX conta com o pacote de segurança com freios eletrônicos EBS de série, podendo ainda ser equipado com airbag, controle eletrônico de estabilidade, direção inteligente VDS, entre outros recursos. O modelo pode também receber até oito câmeras auxiliares para melhorar a visibilidade, sendo que quatro delas podem ser visualizadas simultaneamente na central multimidia.

Um Formare bem digital!

Previous article

Por trás do BRT de Sorocaba

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque