Notícias do Dia

Nasce o ë-Jumpy Hydrogen

0

Citroën lança na Europa o ë-Jumpy Hydrogen

Desde 1928 a Citroën vem inovando constantemente para se adaptar às evoluções da sociedade e proporcionar mais serenidade e facilidade ao dia a dia dos profissionais. Diante dos novos desafios ambientais e societais, em 2021 a Citroën desenvolveu novas energias, com o ë-Jumpy Hydrogen, e novos conceitos, com My Ami Cargo, para oferecer, já a partir deste ano, a gama mais completa do mercado.

A tecnologia de hidrogênio vem completar a oferta de veículos utilitários elétricos na Europa para atender às necessidades de utilização de 8% das empresas que precisam fazer trajetos superiores a 300 km ou que não têm tempo de recarregar seus veículos durante o dia. Assim, a Citroën poderá atender a todas as necessidades do segmento.

O ë-Jumpy Hydrogen, furgão elétrico com célula de combustível e baterias recarregáveis, é o primeiro modelo da Citroën a adotar essa nova energia. A integração da nova tecnologia foi feita de modo a preservar o volume útil e a capacidade de carga do veículo. Ele dispõe de uma confortável autonomia de mais de 400 km* e de três tanques de hidrogênio em fibra de carbono com pressão de 700 bar que ficam próximos à bateria sob os bancos dianteiros e que são reabastecidos em apenas 3 minutos. E como ele gera zero emissão de CO2, os clientes poderão continuar a circular livremente nas zonas urbanas regulamentadas.

O ë-Jumpy Hydrogen é totalmente elétrico e conta com duas fontes de energia: uma célula de combustível de 45 kW que produz eletricidade ao consumir o hidrogênio armazenado num tanque de 3 cilindros com pressão de 700 bar, e uma bateria de 10,5 kWh que representa uma reserva de 50 km e entra automaticamente em ação quando o tanque de hidrogênio está vazio. A célula de hidrogênio garante a autonomia do veículo, enquanto a bateria é solicitada nas fases de transição, como as fortes acelerações ou declives que requerem mais potência. As duas fontes de energia combinadas permitem alimentar o motor e acionar o grupo motopropulsor. Para garantir um nível de carga suficiente, a bateria, que recupera a energia nas fases de desaceleração, se recarrega automaticamente graças à eletricidade produzida pela célula de combustível de hidrogênio. Ela também pode ser recarregada usando um cabo numa estação de recarga de veículos elétricos.

O Jumpy, produzido na fábrica de SevelNord, será convertido no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de células de hidrogênio do Grupo Stellantis, em Russelsheim na Alemanha. Disponível em dois tamanhos, M (4,95 m) e XL (5,30 m), as primeiras unidades do ë-Jumpy Hydrogen deverão ser entregues aos clientes de frotas no outono (europeu) de 2021.

Mercado Livre “gasosou”!

Previous article

Energia que economiza!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *