Destaque

O “cérebro” da Mercedes-Benz completa 30 anos!

0

Mercedes-Benz do Brasil celebra 30 anos do Centro de Desenvolvimento Tecnológico de caminhões e ônibus

Em um ano muito especial de marcos históricos para a Mercedes-Benz do Brasil, que chega a 65 anos de atividades, a Empresa também registra 30 anos do seu Centro de Desenvolvimento Tecnológico de caminhões e ônibus. Localizado na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), ele foi inaugurado no dia 29 de agosto de 1991. Trata-se do maior do segmento de veículos comerciais no Brasil e na América Latina e, também, o maior da Daimler fora da Alemanha para caminhões e ônibus da marca.

Graças ao forte e atuante papel do CDT, juntamente com as demais áreas da Empresa, a Mercedes-Benz do Brasil se estabeleceu como um player global do Grupo Daimler para desenvolvimento de caminhões, chassis de ônibus e powertrain (agregados). De suas linhas de produção saem veículos para os clientes brasileiros e de vários outros países da América Latina e outros continentes, que atendem às legislações e especificidades de cada mercado, com a qualidade da marca Mercedes-Benz.

“O CDT traz em sua essência o DNA de pioneirismo e inovação da nossa marca, oferecendo soluções para o transporte de cargas e passageiros e indicando tendências de mercado”, afirma Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. “Com uma estrutura moderna e com 563 colaboradores, entre engenheiros, técnicos e especialistas, o CDT é motivo de orgulho para a Companhia e um legado para a Engenharia brasileira. Aqui, pessoas e tecnologias estão a serviço da mobilidade, sustentabilidade e do ecossistema do transporte responsável, para hoje e para o futuro da sociedade”.

No CDT são 563 colaboradores que desenvolvem a Mercedes do amanhã

O planejamento e a construção do CDT representaram a consolidação e a própria evolução das atividades de desenvolvimento tecnológico da Mercedes-Benz do Brasil. Este trabalho foi iniciado muito tempo antes, em 1963, com a implantação da Engenharia de Produtos, dedicada a caminhões, chassis de ônibus e powertrain. No ano de 1970, foi criada a área de Engenharia Experimental para veículos, motores e componentes. Com o CDT, em 1991, houve um agrupamento das diversas equipes e a centralização das atividades num mesmo local.

O CDT se posiciona no mesmo nível de unidades similares da Daimler na Alemanha, Estados Unidos, Japão e Turquia, realizando trabalhos globais e desenvolvendo projetos que podem ser lançados em vários países. Isso confirma a capacidade brasileira de gerar soluções com alcance mundial.

“Essa trajetória de 30 anos é fruto do trabalho de profissionais competentes que ajudam a construir uma Empresa inovadora em tudo o que se propõe a fazer. Desde a inauguração do CDT, já era claro que a unidade brasileira teria um papel fundamental dentro da Daimler Trucks”, diz Karl Deppen.

A atuação do CDT é potencializada com outros investimentos da Empresa em recursos de desenvolvimento. Isso está concretizado no Campo de Provas de caminhões e ônibus de Iracemápolis (SP), o maior do Hemisfério Sul, inaugurado em 2018. O local irá expandir suas atividades para um Centro de Testes completo para todos os segmentos em parceria com a Bosch, cujas obras terão início ainda neste semestre. Além da utilização pela própria Empresa, a nova unidade será aberta ao mercado e poderá ser locada por fabricantes do setor automotivo, incluindo de automóveis, vans, outros veículos, sistemas e componentes.

Um “baita” nº hein CNH?

Previous article

O que é mais importante na hora da entrega?

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque