Notícias do Dia

Pavimentação modelo

0

Governo quer transformar pavimentação da BR-319/AM em modelo de sustentabilidade

Em live com governadores da região Norte do país nesta segunda-feira (21) sobre as obras de pavimentação na BR-319/AM, que liga os estados do Amazonas e Rondônia, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou que o esforço coordenado irá garantir que a rodovia seja referência em sustentabilidade. “Vamos fazer da pavimentação da BR-319 um modelo de sustentabilidade e mostrar que é possível fazer pavimentação com sustentabilidade, com governança ambiental”, destacou. “Isso vai garantir que a rodovia coexista com a preservação do meio ambiente e do entorno. O Amazonas é um dos estados mais preservados do Brasil e vai continuar sendo”, completou.

A pavimentação da rodovia vai permitir maior segurança e redução no tempo de viagem para quem passa pela região, principalmente para a população local. Hoje, as alternativas à rodovia são o transporte por barco ou avião.

Participaram da live os governadores dos estados do Amazonas, Wilson Lima; de Roraima, Antonio Denarium; de Rondônia, Marcos Rocha; e do Acre, Gladson Cameli, além do deputado Hiran Gonçalves. Denarium destacou que a pavimentação da rodovia “vai permitir a redução do custo de produção do estado de Roraima”. Já Wilson Lima lembrou que “não é só uma questão de desenvolvimento social, é uma questão de ir e vir”. Marcos Rocha, por sua vez, complementou que a pavimentação significa “tratar nossas populações com respeito”.

BR-319/AM – A rodovia possui extensão total de 877,4 quilômetros e liga os estados do Amazonas e Rondônia. Na década de 70 chegou a ser completamente asfaltada. Mas, atualmente, apenas dois trechos da BR-319 estão pavimentados: os primeiros 198 quilômetros e os 164 quilômetros finais.

Amanhã (22) mais um passo será dado com o resultado do edital para contratação da empresa que vai desenvolver o projeto e executar obras de pavimentação de mais um trecho da rodovia, o chamado Trecho C (ou Lote Charlie), com 52 quilômetros, que vai do Km 198 ao Km 250.

As obras de pavimentação do Trecho C aproveitarão o traçado já existente da rodovia, mantendo a largura da plataforma, com duas faixas de rolamento e dois acostamentos, de 90 centímetros. Para facilitar a parada em segurança dos veículos serão implantados recuo. A rodovia também contará com 20 passagens de fauna aéreas e 12 subterrâneas com cercas direcionadas para garantir a preservação dos animais que cruzam a estrada e, ainda, serão recuperadas áreas degradadas nas adjacências da rodovia. Serão mais de mil mudas nativas plantadas. Foram previstos ainda sistemas de drenagem para preservar a integridade da pista.

Informações Minfra

Agilidade e descontos!

Previous article

Frigo King está “abocanhando” fronteiras

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *