Reportagens Especiais

Por que a Mercedes-Benz nada de “braçada” no ônibus?

0

Montadora encerra 2019 com 76% de participação de mercado


Entra ano e sai ano e a Mercedes-Benz continua imbatível no segmento de passageiros. Líder histórica, mais um ano que os alemães de São Bernardo do Campo (SP) mandaram no mercado. Em 2019, segundo a Anfavea,  foram 11.146 unidades e quase 55% de market share. Só para ter uma ideia, a Volkswagen Caminhões e Ônibus, a segunda colocada, fechou o ano com 5.509 unidades, seguida de Agrale com 2.209 unidades, Scania com 901, Volvo com 744 e Iveco com 253 unidades.

Por segmento, só números que deixam os executivos com cada vez mais sede. Em relação aos modelos urbanos, a montadora atingiu 6.723 unidades, com 76% de participação. “Sem dúvida nosso recorde de participação. É um numero que nos deixa extremamente orgulhosos. É um numero excepcional”, crava Walter Barbosa, diretor de vendas e mkt ônibus. Os rodoviários fecharam com 1.323 unidades, com 52% de participação e o fretamento teve 701 veículos, com 58% de share. Ou seja, os “caras” tem mais de 50% de mercado total e também por segmento. Nada mal. “Se eu pudesse eu colocava uma medalha em cada um olhando para estes segmentos”, diz Barbosa.

Mas, qual o segredo? Preço não é. Dificilmente veremos valores de vendas bem mais baixos que a concorrência, que também é forte. “Temos uma conexão com rede e clientes que roda muito bem. Nós somos os únicos que temos toda a linha completa de modelos. Enquanto nossos concorrentes tem nichos, onde um atua no motor traseiro, o outro no dianteiro, por exemplo, nós somos full liner”.

Outro ponto, de acordo com o executivo, é a dedicação em relação ao negócio ônibus. “Temos 60 anos de expertise. Não são todos que tem uma rede dedicada, com fortes relacionamentos com os clientes, atendimento dentro das garagens. Não é todo mundo que quer fazer isso”, alfineta.



Olho grande na economia

Previous article

Hora do brinde com Brännvin

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *