Destaque

Um caminho eletrificado!

0

Mais sete caminhões Scania serão entregues com a expansão da estrada elétrica alemã

A primeira pista de teste de estrada elétrica alemã na autoestrada A5 perto de Frankfurt será estendida em quase sete quilômetros, e a Scania entregará sete caminhões equipados com pantógrafo adicionais para operar neste trecho expandido de autoestrada eletrificada.

Atualmente, três testes com caminhões elétricos estão em andamento na Alemanha. Na expansão mais recente, sete quilômetros adicionais de catenárias aéreas serão adicionados ao segmento da autoestrada A5 em Hessen, elevando o total para doze quilômetros na direção de Darmstadt e cinco quilômetros em direção a Frankfurt. Esta obra está programada para ser concluída no final de 2022. Com 135.000 veículos por dia, incluindo 14.000 caminhões, a rodovia A5 ao sul de Frankfurt é um dos trechos mais movimentados e poluídos da estrada na Alemanha.

O A5 é um dos três testes com linhas catenárias sendo realizados na Alemanha. No final de 2019, um segmento adicional de estrada eletrificada foi inaugurado perto de Lübeck em Schleswig-Holstein (A1), onde um caminhão Scania está sendo testado. Um terceiro teste terá início em Baden-Württemberg (B462) em 2021. No total, 22 caminhões estarão em operação nessas três pistas de teste.

Mais caminhões

A Scania já forneceu cinco caminhões híbridos R 450, equipados com pantógrafos, para operação ao longo da A5 eletrificada. Assim como esses cinco, os sete caminhões adicionais serão operados por vários clientes diferentes. Durante os testes, a Scania gerencia a manutenção do veículo e coleta de dados dos veículos de teste.

Desenvolvido pela Siemens, o sistema de eletrificação usado nessas estradas permite que caminhões com o pantógrafo necessário montado no teto viajem a velocidades de até 90 km / h com energia elétrica plena, convertendo-se novamente no motor de combustão interna do caminhão ao sair do trecho eletrificado , idealmente movido a biodiesel para uma maior redução de CO2.

Investimentos em queda

Previous article

Depois de 10 anos, entregue!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaque