Notícias do Dia

Um por todos, todos por um

0

CNT e ANTT juntas para melhorar as estradas nacionais

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) assinaram, nessa quarta-feira (8), um acordo de cooperação técnica que prevê um conjunto de ações que contribuirão para elevar a eficiência no transporte rodoviário de cargas. O termo foi assinado pelo presidente da CNT, Vander Costa, e pelo diretor-geral da agência, Mario Rodrigues.

Por meio das medidas previstas no acordo, a Confederação e a ANTT deverão ampliar a integração entre os sistemas das entidades, melhorar o desempenho dos serviços oferecidos à comunidade e criar novas soluções para atender e agilizar as demandas. Outro resultado esperado é uma maior agilidade na adaptação de normas e marcos regulatórios do setor. “O mercado do transporte rodoviário de cargas é volátil e se transforma rapidamente. Para operar com eficiência, o segmento necessita de um ambiente regulatório condizente com as mudanças”, destaca o presidente da CNT, Vander Costa. A expectativa é que as medidas gerem economia significativa para transportadores, governo e sociedade.

Veja os principais pontos previstos no acordo de cooperação técnica:

1. Promover o intercâmbio de informações;

2. Executar fiscalizações, por meio de operações conjuntas ou separadas, quanto ao cumprimento das obrigações pactuadas;

3. Realizar estudos de viabilidade técnica e econômica e análises de impacto regulatório em temas afetos ao transporte rodoviário de cargas;

4. Ampliar a integração entre os sistemas da CNT e da ANTT, compartilhando informações e bases de dados para a otimização de recursos, redução de custos e melhoria no desempenho dos serviços prestados à comunidade;

5. Criar novas soluções e serviços para atender melhor às necessidades em constante evolução do setor de transporte rodoviário de cargas.

De olho nos Emirados

Previous article

A chuva vem. Os prejuízos ficam

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *