Notícias do Dia

Vaaaaiiii Cummins!

0

Cummins Inc. anuncia resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2020

A Cummins Inc. (NYSE: CMI) anuncia os resultados do quarto trimestre de 2020. As receitas foram de US$ 5,8 bilhões, 5% maior que o mesmo período de 2019. As vendas na América do Norte ficaram estáveis, enquanto as receitas internacionais aumentaram 12%, impulsionadas pela forte demanda nos mercados de caminhões e construção da China, bem como pelo crescimento nas vendas de novos produtos na Índia.   

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) no quarto trimestre foi de US$ 837 milhões (crescimento de 14,4% das vendas), em comparação com os US$ 682 milhões (12,2% das vendas) registrados no mesmo trimestre de 2019.   

No acumulado de 2020, as receitas foram de US$ 19,8 bilhões, 16% menor que 2019. As vendas na América do Norte caíram 21% e nos mercados internacionais reduziram 7%. As vendas caíram em todas as principais regiões, exceto a China, onde a demanda por caminhões e equipamentos de construção atingiu patamares recordes. O lucro líquido atribuível à Cummins para o acumulado de 2020 foi de US$ 1,8 bilhão (US$ 12,01 por ação diluída), em comparação com o lucro líquido de US$ 2,4 bilhões (US$ 15,05 por ação diluída) em 2019.   

Com base na previsão atual, a Cummins projeta aumento nas receitas para o ano de 2021 entre 8% e 12% e o EBITDA na faixa de 15% e 15,5%. Neste ano, a companha espera que as vendas aumentem em todas as regiões e principais mercados, exceto a China, onde prevê que a demanda seja moderada após um ano recorde em 2020.

  “Os indicadores atuais apontam para a melhoria da demanda em várias regiões e mercados importantes em 2021. No entanto, uma incerteza significativa permanece, exigindo um foco forte e contínuo na gestão de custos e fluxo de caixa, à medida que nossos mercados continuam a se recuperar em todo o mundo. Ainda estamos operando sob uma pandemia com medidas extremas de segurança em vigor e nossos fornecedores e clientes estão fazendo o mesmo. Isso apresenta desafios para as cadeias de suprimentos globais ao mesmo tempo em que nossa indústria responde à crescente demanda em vários mercados finais”, afirma o presidente e CEO da Cummins Inc., Tom Linebarger.

Para não perder!

Previous article

Pronto para a decolagem!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *