Notícias do Dia

Voith dá um help nos elétricos

0

Sistema de acionamento elétrico da Voith: Nova opção de motor para veículos comerciais mais leves

Desde a sua introdução em 2019, o Sistema de Acionamento Elétrico da Voith (VEDS – Voith Electrical Drive System) já comprovou em várias aplicações em transporte público ser uma solução inovadora na mudança para a mobilidade elétrica. Com a nova versão MD (serviço médio), a Voith agora está adicionando uma segunda opção de motor, incluindo o inversor apropriado, ao seu portfólio. A nova opção de 260 kW com torque máximo de 2.850 Nm foi projetada para ônibus e caminhões individuais com peso de até 19 toneladas, otimizada para uso puramente urbano.

Comparado com a versão existente HD (serviço pesado), o novo motor MD é 50 kg mais leve, o que permite um maior alcance. O motor IPMS (HD) mais potente de 340 kW com torque máximo de 3.100 Nm, possui um desempenho impressionante, especialmente em ônibus ou caminhões de dois andares e articulados com mais de 26 toneladas, adequado também para perfis de direção interurbanos. A Wrightbus foi o primeiro fabricante de ônibus a optar por integrar a mais recente opção de motor na segunda geração de seus ônibus elétrico a bateria (BEV) e elétricos a célula de combustível (FCEV) para a Europa.

O VEDS está baseado em um poderoso motor de ímã permanente resfriado a água com um inversor de alta eficiência. Não há necessidade de uma transmissão separada, resultando em um efeito positivo na disponibilidade e consumo de energia, alcance e emissões de ruído. A base para esses benefícios está na abordagem integrada do VEDS. Todos os componentes do sistema foram perfeitamente combinados uns aos outros desde o início e funcionam juntos de maneira eficaz – desde os componentes de hardware, como o motor elétrico, inversor de tração e distribuidor de alta tensão, até os componentes de software, como sistemas de controle de acionamento e de gestão de energia. Isso facilita a integração no veículo e garante um alto nível de confiabilidade. Não há necessidade de integração demorada e com custo mais elevado de aplicativos adicionais, e incompatibilidades de sistema também podem ser evitadas. O VEDS também pode ser usado de forma flexível em várias plataformas.

O conceito suporta sistemas de bateria de uma ampla gama de fabricantes. Ainda é habilitado para uso em trens de força de veículos elétricos com célula de combustível. Graças ao seu compacto projeto, o VEDS não requer nenhum espaço de instalação adicional no chassi projetado para motores de combustão. Portanto, é muito fácil converter frotas de veículos existentes com motores convencionais a diesel, híbridos ou a gás. No ano passado, a Voith firmou uma parceria estratégica com o fabricante de caminhões eletrônicos Orten para este propósito.

“Calçado” da Copa Truck é Goodyear!

Previous article

Armazém Paraíba ficou mais estelar!

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *