Recuperação já!
Recuperação de estradas federais danificadas pelas chuvas terá crédito de R$ 418 milhões

O Governo Federal abriu crédito extraordinário no valor de R$ 418 milhões para o Ministério da Infraestrutura (MInfra) recuperar estradas federais danificadas pelas fortes chuvas em quatro regiões do país. Conforme a Medida Provisória nº 1.097, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (21), os recursos serão direcionados ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

A MP destinou R$ 133 milhões para obras de conservação e recuperação de ativos de infraestrutura da União afetados na Região Norte, R$ 36 milhões para o Centro-Oeste, R$ 191 milhões para o Sudeste e R$ 58 milhões ao Nordeste do país.

Diagnóstico

Equipes do DNIT realizam trabalho de campo para identificar danos na malha rodoviária e definir prioridades nas obras de restauração. A verba terá aplicação imediata em locais onde o nível da água começou a baixar e as obras podem começar. O diagnóstico apontou os estados a serem beneficiados: Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Nestes estados, será priorizada a restauração de rodovias federais afetadas pela ocorrência de enxurradas em áreas com maior declividade, inundações dos rios urbanos parcialmente canalizados, alagamentos em áreas rebaixadas com drenagem insuficiente e deslizamentos de terra pontuais.

Distribuição

Acre: R$ 30 milhões

Amazonas: R$ 18 milhões

Bahia: R$ 30 milhões

Espírito Santo: R$ 45 milhões

Goiás: R$ 9 milhões

Maranhão: R$ 25 milhões

Mato Grosso: R$ 27 milhões

Minas Gerais: R$ 120 milhões

Pará: R$ 35 milhões

Piauí: R$ 3 milhões

Rio de Janeiro: R$ 20 milhões

Rondônia: R$ 26 milhões

São Paulo: R$ 6 milhões

Tocantins: R$ 24 milhões

Total: R$ 418 milhões

Com informações Minfra/ Foto Ricardo Botelho

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Diretor novo na DAF!

Diretor novo na DAF!

DAF Caminhões Brasil anuncia novo Diretor de Materiais e Logística

Duplica que desenvolve!

Duplica que desenvolve!

Duplicação da BR-101/SE vai desenvolver turismo na divisa do Sergipe com Alagoas

+ categorias