CIOT mostra retomada do mercado!
Emissão de CIOT no primeiro trimestre mostra retomada dos negócios em transporte

No primeiro trimestre de 2022 foram emitidos 17.410 CIOTs- Código Identificador de Operações de Transporte pela CIOTPag, empresa de serviço de Gestão de Fretes ligada à TruckPag, start-up de meios de pagamento para frotas. No primeiro trimestre de 2021 foram emitidos 488 documentos. “Isso mostra que neste período pós-pandemia os negócios envolvendo transporte estão bastante aquecidos”, explica Fernanda Bortoluzzi Lorenzetti, CRO (diretora de Receita) da TruckPag que completa: “trata-se de um indicativo consistente de retomada da economia”.

O portfolio de clientes da CIOTPag, que opera esse serviço desde dezembro de 2020, é formado por 402 empresas. No primeiro trimestre, as emissões foram feitas por 181 clientes.

 “Em três meses já ultrapassamos metade do total registrado ano passado e com isso nossa perspectiva é de minimamente triplicar esse volume”, estima a CRO. da TruckPag. Em 2021, a empresa emitiu 24.284 documentos.

CIOT contra fraudes e abusos. O CIOT-Código Identificador de Operações de Transporte é um documento criado pela ANTT-Agência Nacional de Transportes Terrestres, pela resolução nº 5.862 de 17 de dezembro de 2019. Sua emissão é obrigatória e ajuda a impedir fraudes e abusos, regulando o pagamento do frete ao prestador do serviço de transporte.

A emissão do CIOT é um serviço que o transportador pode fazer diretamente ou contratando alguma empresa do mercado. A CIOTPag é uma das 30 empresas homologadas junto à ANTT que pode emitir o documento e se encarrega da tarefa gratuitamente com todos os seus meios de atendimento. “Além de não cobrarmos nada pelo serviço nós utilizamos atendentes reais, ou seja, há um funcionário conversando com a empresa, não um robô”, conclui a executiva. 

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rodovias 5 estrelas!

Rodovias 5 estrelas!

DNIT avança na classificação de rodovias federais pela metodologia IRAP

+ categorias