Autonomia inteligente no campo!
Parceria Mercedes-Benz e Grunner pode ultrapassar 580 Axor 3131 com direção autônoma em 2022

Pegou de jeito. Em 2019 a Mercedes colocou o Axor 3131 autônomo em parceria com a Grunner para operar em uma usina de cana paranaense e agora o modelo definitivamente caiu nas graças do setor. Somente no primeiro trimestre deste ano, foram comercializadas 139 unidades deste modelo.

Esse resultado reafirma o êxito dessa máquina inteligente para a colheita da cana-de-açúcar e outras aplicações, já demonstrado em 2021, quando a Mercedes-Benz do Brasil entregou para a Grunner 237 Axor 3131, o que significa 558% de crescimento em relação às 36 unidades do ano anterior.

“Em 2019, primeiro ano de comercialização do Axor 3131 com direção autônoma, entregamos 17 unidades para a Grunner. Em 2020, foram mais 36, saltando para 237 unidades em 2021. Agora, nos primeiros três meses de 2022, chegamos a 139. Ou seja, já são 429 unidades do Axor 3131 entregues para Grunner e, desse total, 377 já em operação na colheita da cana no Brasil e em outras atividades”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Atuando juntamente com as colhedoras de cana, o Axor 3131 agiliza a operação e aumenta a produtividade no abastecimento das usinas de açúcar e etanol”.

“Juntamente com a Grunner, projetamos a venda de um total de 350 unidades em 2022, chegando assim a um volume acumulado de 580 Axor 3131 com direção autônoma no Brasil, o que significa a maior frota de máquinas inteligentes atuando no setor sucroenergético”, destaca Roberto Leoncini. “Aliás, é um prazer e uma satisfação enorme comunicar o sucesso comercial desse produto inovador durante a Agrishow. Foi nesse evento, o maior do agronegócio na América Latina, que começamos a trocar ideias com a Grunner, há cinco anos, sobre essa máquina inteligente de direção autônoma que, aliás, novamente estará em destaque este ano nesta feira”.

O Axor 3131 com direção autônoma, que opera juntamente com as colhedoras no campo, vem fazendo grande sucesso no Estado de São Paulo, maior produtor de cana-de-açúcar do Brasil, como também em outros estados.

“Em comparação com os tratores, o uso do Axor 3131 com direção autônoma na colheita de cana assegura 40% de redução no consumo de combustível, 40% a menos no consumo de lubrificantes e 30% a menos no custo de reparo e manutenção”, ressalta Denis Arroyo, CEO da Grunner. “Além disso, Axor 3131 tem uma velocidade de deslocamento 50% maior, além de maior velocidade média de operação, menor tempo e maior agilidade nas manobras, mais conforto para o motorista, mais eficiência em estradas irregulares, com maior estabilidade e menor impacto ambiental pelo menor consumo de combustível”.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rodovias 5 estrelas!

Rodovias 5 estrelas!

DNIT avança na classificação de rodovias federais pela metodologia IRAP

+ categorias