Daimler Buses quer esverdear o mundo!
Montadora quer até 2039 que todo o portfólio seja somente de veículos neutros em CO2

A Daimler Buses planeja oferecer veículos neutros em CO2, movidos a bateria e a hidrogênio, para todos os seus segmentos de atuação, até 2030, com foco inicial nos principais mercados da Europa e América Latina. A ideia é que até 2039, apenas veículos neutros em CO2 sejam vendidos para os principais mercados da Europa. Enquanto para o segmento de ônibus urbanos, a perspectiva é que essa meta seja alcançada, já em 2030, no continente europeu.

Além de ampliar o portfólio de veículos neutros em CO2, a Daimler Buses também está expandindo sua oferta de serviços a fim de viabilizar a construção de uma infraestrutura elétrica completa nas instalações dos clientes. O anúncio foi feito por Till Oberwörder, Chefe da Daimler Buses, em um evento realizado pelo Grupo na segunda-feira, dia 02/05, em sua unidade de Mannheim, na Alemanha. Também estiveram presentes Martin Daum, Presidente do Conselho de Administração da Daimler Truck, e Dr. Volker Wissing, Ministro Federal dos Transportes da Alemanha.

Rumo à eletrificação mundial do transporte de passageiros, e em alinhamento com a estratégia global da Daimler Truck, empresa matriz do Grupo, a Daimler Buses tem concentrado os seus esforços em tecnologias de bateria elétrica e à base de hidrogênio a fim de oferecer soluções personalizadas, com zero emissões, para as necessidades de seus clientes.

“Como fabricante e líder mundial em ônibus, nossa ambição é clara. Queremos combater as mudanças climáticas e nos tornar um elemento impulsionador para a transformação do transporte de passageiros. Dessa maneira, passaremos a adotar uma estratégia de tecnologias de propulsão alternativas, com o objetivo de fornecer ônibus neutros em CO2 para todos os segmentos e mercados mais importantes até o final dessa década”, afirma Till Oberwörder. “Portanto, a partir de 2030, para o segmento urbano, ofereceremos somente ônibus neutros em CO2 na Europa, direcionando os nossos esforços para o desenvolvimento do eCitaro totalmente elétrico.”

eCitaro

A partir de 2023, a Daimler Buses vai equipar os ônibus urbanos elétricos eCitaro da Mercedes-Benz com células de combustível à base de hidrogênio, que funcionarão como prolongadoras de autonomia nos veículos. Desde 2018, o modelo é produzido na versão totalmente elétrica a bateria e, agora, como eCitaro Range Extender, o ônibus de piso baixo e neutro em CO2 passa a contar com uma autonomia de até 400 quilômetros, sendo capaz de percorrer rotas mais exigentes e atender as necessidades das operadoras de transporte por veículos mais eficientes.

O eCitaro Range Extender da Mercedes-Benz, projetado para o segmento de ônibus urbanos, continua com o sistema de propulsão elétrica a bateria como sua principal fonte de energia. A célula de combustível à base de hidrogênio, utilizada na forma gasosa a uma pressão de 350 bar, chega para auxiliar na ampliação de autonomia. Portanto, o veículo se torna um ônibus híbrido, totalmente elétrico, e que combina essas duas fontes de energia.

Além dessa versão, a Daimler Buses também passará a oferecer, a partir do final de 2022, o ônibus eCitaro com as novas baterias de última geração e alto nível de desempenho. Elas podem aumentar a capacidade por célula de bateria em cerca de 50% e permitem que os ônibus atinjam autonomias de até 280 quilômetros. As novas baterias serão utilizadas no eCitaro em sua versão atual, eCitaro Range Extender, e também estarão disponíveis para o chassi de ônibus elétrico eO500U da Mercedes-Benz, apresentado ao Brasil e ao mercado latinoamericano em 2021, com previsão de lançamento para esse ano.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
+ categorias