Randon não quer perder tempo!
Sistema de tração auxiliar elétrico e-Sys da Randon passa por testes de campo

Depois que o Contran acaba de liberar a utilização de eixos elétricos em semirreboques, a Randon avança ainda mais para o inicio do fornecimento da tecnologia por aqui. A empresa realizou a entrega técnica de dois modelos de semirreboques da linha Hybrid R para a fase de testes de campo com empresas parceiras. Nesta etapa, as equipes de engenharia e pesquisa buscam monitorar o comportamento do produto em uso real pelas estradas do Sul e Sudeste do país.

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, a BRF, está recebendo um Hybrid R equipado com e-Sys do modelo Frigorífico, para o transporte de cargas entre unidades da empresa nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A operação do semirreboque ocorre por meio de fornecedores da BRF, começando pela empresa Tombini & Cia.

O grupo G10 Transportes, que reúne cinco importantes transportadoras e está entre as maiores empresas de logística e transporte rodoviário do país, vai utilizar um modelo Graneleiro para deslocamento de cargas do agronegócio em rodovias do Paraná.

Outro modelo de Graneleiro já foi testado no final do ano passado para o transporte de grãos entre o norte gaúcho e o oeste catarinense, em parceria com a Cooperativa de Produção e Consumo Concórdia – Copérdia, uma das maiores do ramo agropecuário de Santa Catarina.

 Durante um período de 30 dias, os veículos de testes são monitorados para a coleta de dados sobre redução de consumo de combustível alcançado pelo uso do sistema de tração elétrico no semirreboque. Os condutores dos caminhões receberam treinamento com pilotos de testes do Centro Tecnológico Randon (CTR), onde ocorreram todas as fases de testagem até o momento.

Imagem Claudio Fragoso

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
+ categorias