Buser…viagens…hospedagens…agência?
Com turismo interno aquecido, Buser lança venda de pacotes de viagem com hospedagem

Após bater a marca de 7 milhões de clientes cadastrados, a Buser aposta em novos modelos para ampliar a receita da empresa. Maior plataforma de intermediação de viagens rodoviárias do Brasil, chegando a mais de 750 destinos em todo o país, a startup acaba de lançar a venda de pacotes turísticos unindo viagens rodoviárias e hospedagem.

“Com o aumento no preço das passagens aéreas e a nova dinâmica do turismo interno e de proximidade, vimos mais uma oportunidade para colocar o ônibus na agenda dos turistas. Os pacotes trazem um serviço de valor agregado ao nosso produto de fretamento, facilitando a vida dos viajantes. Por que não então testar mais esse modelo?”, ressalta Gabriela Miranda, diretora de novos negócios da startup.

Nessa primeira fase, a Buser está vendendo pacotes que incluem deslocamento pelo modelo de fretamento colaborativo para o hóspede ficar em hotéis 3 estrelas ou resorts, disponíveis para duas, quatro ou seis diárias. As viagens saem de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte (MG), em ônibus executivo e semi leito.

Quem sai da capital paulista tem como destino Cabo Frio (RJ) e o Rio, ficando hospedado em Copacabana. Há também opção de viagem mais curta para Olímpia (SP), com hospedagem em resorts. Já quem embarca no Rio pode viajar para São Paulo, Paraty (RJ) e Búzios (RJ). Os viajantes que saem de BH poderão desfrutar das praias de Guarapari (ES), Cabo Frio e da capital fluminense. Como as origens e destinos são escolhidos de acordo com o feedback dos clientes, a ideia é ampliar a outras cidades à medida que o serviço for crescendo.

O período de vendas vai até o dia 15 de junho. Os pacotes não são válidos para o feriado de Corpus Christi (16 a 19 de junho) e incluem café da manhã. Mais informações no link: https://gp.buser.com.br/pacotes

A Buser também está de olho nas chamadas OTAs (Online Travel Agencies). Recentemente, a startup se aliou à Hurb (Hotel Urbano), para testar um pacote específico para Cabo Frio, que esgotou as vagas em quatro semanas. A inédita parceria é uma aposta em um novo formato de pacotes turísticos justamente para levar o ônibus para o público de internet, que só olhava para o aéreo até pouco tempo atrás.

Novos canais

A Buser vem expandindo a atuação por novos canais digitais desde o final de 2021. O segmento já é responsável por cerca de 20% do GMV (sigla de Gross Merchandise Volume: em português, Volume Bruto de Mercadorias), métrica usada para medir as vendas da empresa. A previsão é de que essa divisão chegue a representar 35% de receita até o fim deste ano.

“É uma forma de impactar públicos que vão além do aplicativo e do site. Com isso, aumenta o alcance da nossa plataforma e, assim, reforçamos a democratização do acesso ao transporte rodoviário, que é a nossa grande missão”, afirma Gabriela.

As vendas por WhatsApp, por exemplo, são a mais nova aposta da plataforma para ampliar o número de clientes. Em poucos meses de atuação, essa área já representa 6% de toda a receita da startup.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
+ categorias