Sem aumento em São Paulo!
FETCESP e entidades do transporte articulam o não aumento dos pedágios

Em reunião realizada hoje pela FETCESP, com presença do SETCESP e demais entidades de classe representantes do setor de transporte rodoviário de cargas, com a Artesp, a Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo e as concessionárias das rodovias paulistas, foi definido que o Estado de São Paulo não reajustará as tarifas de pedágios neste ano.

Segundo a Secretaria, os reajustes seriam de no mínimo 10,72% e a mudança de valores estava prevista para esta sexta-feira (01/07/2022) nas estradas administradas pelas 18 concessionárias pertencentes ao Programa de Concessões Rodoviárias do Estado.

Esta decisão é fruto da intensa articulação da FETCESP, apoiada pelo SETCESP, para sensibilizar o governo e as concessionárias em prol de um esforço de todas as partes envolvidas para não onerar, ainda mais, o setor de transporte.

“O transporte rodoviário de cargas é o principal usuário das rodovias e responde por mais de metade da arrecadação das concessionárias das rodovias no Estado, sendo o pedágio hoje um dos mais importantes componentes dos custos do transporte, somente superado pelos custos do combustível e mão de obra”, comenta Carlos Panzan, presidente da FETCESP.

Para Adriano Depentor, presidente do Conselho Superior e de Administração do SETCESP, “As transportadoras tiveram um aumento de 30% em seus custos devido ao combustível somente no primeiro semestre e seria impossível absorver mais um aumento tão representativo nos custos”.

Com informações Setcesp

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rock na estrada!

Rock na estrada!

Rock in Rio aquece as reservas de viagens de ônibus pela Buser

+ categorias