Tecnologia no BRT!
Data center com 48 servidores auxilia operação de transporte do BRT Sorocaba

Se no passado uma empresa de ônibus era vista somente por sua frota, hoje, ela também é mensurada pelas soluções tecnológicas que possui. Assim, é no BRT de Sorocaba. Para colocar a frota circulando nas ruas, um data center com 48 servidores, mais de 110 km de fibra ótica (50 km por via aérea e 60 km no subterrâneo) e 330 antenas dão suporte aos serviços de transporte 24h por dia, sem parar. 

O data center é parte fundamental de uma operação altamente tecnológica, pois concentra computadores, redes e outros equipamentos de tecnologia da informação que abastecem todo serviço de transporte. Diariamente são mensurados indicadores de mais de 53 mil passageiros e 1.500 viagens. 

É neste local onde ficam armazenados os dados gerados pelas 16 soluções do Sistema de Transporte Inteligente (ITS) que possibilita um monitoramento macro que envolve informações geradas pelas catracas, bilhetagem, câmeras, sensores das portas, TVs, canais de som e até telemetria. Desde a sua inauguração até hoje, o BRT tem um volume de mais de 10 petabytes de dados. São mais de 400 terabytes de dados mensais, o equivalente a capacidade de armazenamento de 3.200 celulares de 128 Gb, top de linha.

Manoel Ferreira, diretor de operações da empresa, explica que a chegada do BRT à cidade foi um divisor de águas, pois antes o transporte era operado de forma analógica. Com o avanço tecnológico, novas ferramentas passaram a fazer parte da gestão do transporte possibilitando um maior controle e uma provisão de ações estratégicas. 

“O investimento de R$ 45 milhões em tecnologia e inovação trouxe melhoria nos processos, contribuiu para o aumento da produtividade e elevou o padrão de assistência nos serviços de transporte. O que auxilia na eficiência da gestão e na tomada de decisões. Essa é uma tendência que desponta no setor e é a grande aposta para o futuro, porque traz benefícios para toda cadeia”, destaca Ferreira.

O que era feito de modo analógico há alguns anos, agora conta com o suporte técnico de softwares de navegação que são capazes de monitorar uma viagem de ônibus nos mínimos detalhes. Com uma operação total em tela, as informações chegam de maneira exata para as equipes, permitindo a identificação de falhas mais rapidamente e a implementação de soluções imediatas. “Do nosso Centro de Controle Operacional conseguimos visualizar o desempenho de um ônibus ou até mesmo uma pane, por exemplo. Caso haja a necessidade de troca de veículo, acionamos um reserva e recolhemos o outro, sem impactar nos serviços para o passageiro”, complementa Ferreira ao descrever como a tecnologia colabora para o acionamento de medidas preventivas.

A tecnologia da informação trouxe inúmeras transformações para diversos setores e com o transporte não foi diferente. Hoje, a operação do BRT Sorocaba é considerada uma referência nacional e desde a sua inauguração já recebeu inúmeras comitivas de empresas privadas, órgãos públicos e gestores do transporte de várias cidades e até da América Latina, que vêm conhecer de perto essa nova realidade do segmento.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Repasse importante!

Repasse importante!

CCR AutoBAn repassou R$ 65 milhões para municípios da região no primeiro semestre

+ categorias