Saúde na Estrada de volta!
Saúde na Estrada da Ipiranga leva a maior carreta de saúde do Brasil a todo o país

A Ipiranga traz de volta o Saúde na Estrada, maior iniciativa nacional itinerante de saúde e responsabilidade social do Brasil, voltada ao público das rodovias, que chega a sua 15ª edição. O projeto integra as ações da Ipiranga para o mês do caminhoneiro e, a partir de 18 de julho, passa a rodar com a maior carreta de saúde do país. A estrutura, de dois andares em cerca de 110m², conta com teto levadiço e um espaço moderno e confortável para atendimento ao público. Totens exclusivos para cadastro — com novo sistema integrado ao Programa Km de Vantagens e em linha com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) — também fazem parte do projeto.

Uma novidade do Saúde na Estrada é a parceria da Ipiranga com o Ministério da Saúde, que proporcionará a caminhoneiros e moradores, que vivem próximos aos postos Ipiranga Rodo Rede em todas as regiões do país, a realização de mais de 140 mil testes rápidos de hepatites B e C, HIV e sífilis. Além disso, será feita a distribuição de 280 mil preservativos masculinos e femininos em 75 eventos programados até o final de 2022.  

A Polícia Rodoviária Federal, que também é parceira da Ipiranga na iniciativa, promoverá barreiras nas estradas para direcionar o caminhoneiro aos postos no dia do evento. Ainda na ocasião, a PRF usará a estrutura da carreta para realizar cursos de qualificação aos motoristas.

“Alcançamos mais de 600 mil atendimentos, em todo território nacional, com o Saúde na Estrada em 14 anos de projeto. Consideramos que essa é uma iniciativa singular para atender à sociedade e aos caminhoneiros, que tanto contribuem para a economia do país. Esperamos que este ano seja mais um período de sucesso para cuidarmos da saúde de quem tanto precisa”, Bárbara Miranda, diretora de Marketing e Desenvolvimento de Negócios da Ipiranga.

 Exames gratuitos

Também serão oferecidos exames de triagem para controle de temperatura corporal, batimentos cardíacos, oxigenação do sangue (oximetria), pressão arterial, nível de açúcar no sangue (glicemia) e acuidade visual. A bioimpedância avaliará a composição corporal, estimando a massa magra, gordura, água total do organismo, entre outros dados mais precisos para determinar o estado nutricional do paciente.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Repasse importante!

Repasse importante!

CCR AutoBAn repassou R$ 65 milhões para municípios da região no primeiro semestre

+ categorias