Quer motivos para ter uma Transit?
Ford lista tecnologias da Ford Transit que deixam a van ainda mais competitiva no mercado

A nova Transit foi lançada no Brasil no ano passado na versão de passageiros e, recentemente, ampliou a linha com o modelo furgão. Agora produzida no Mercosul, no Uruguai, a van da Ford traz uma proposta muito interessante e não pode deixar de ser considerada por quem trabalha com entregas urbanas ou serviços móveis no momento de ampliar ou renovar a frota.

Não por acaso, há mais de seis anos consecutivos a Transit é líder do segmento de vans na Europa e nos Estados Unidos. No mercado brasileiro, além do preço competitivo garantido pela produção regional e da estrutura de pós-vendas criada pela Divisão de Veículos Comerciais da Ford, que inclui dois novos centros de distribuição de peças, ela se destaca pelas tecnologias avançadas.

Conheça aqui cinco atributos que contribuem para a Transit entregar a melhor produtividade para quem usa o veículo como ferramenta de trabalho.

Conectividade

 A Transit é a primeira a vir com um modem embarcado de fábrica, integrado à arquitetura elétrica do veículo e de alta precisão, para troca de dados e comandos remotos. Além da localização do veículo, agendamento de serviços online nas concessionárias e geração de indicadores para o negócio, a conectividade permite receber alertas de falha pelo celular. Assim, pode-se programar a manutenção e evitar paradas inesperadas, além de contar com serviços exclusivos como o acompanhamento preventivo inteligente e a assistência técnica em conferência, em que o atendente coloca o cliente em contato por telefone com o chefe de oficina da concessionária mais próxima em caso de necessidade.

Auto start-stop

A van da Ford é a única da categoria equipada com esse recurso, que desliga o motor automaticamente nas paradas em semáforos e no trânsito e o religa quando se pisa no acelerador. Para um veículo de uso essencialmente urbano, isso pode representar uma economia adicional de 5% no combustível. E não é preciso se preocupar com o consumo das baterias, que além de serem projetadas para esse fim dispõem de um sistema inteligente de carregamento, com alternador de ciclo otimizado, que aproveita as desacelerações para poupar energia.

Modos de direção

A Transit também é a única a trazer de série três modos de direção – Normal, Econômico e Escorregadio –, que variam a calibração do módulo do motor, da curva do pedal do acelerador e a potência do ar-condicionado para oferecer o melhor desempenho em cada situação. É como ter o motorista mais eficiente da frota em cada veículo, lembrando que para dirigir a versão furgão basta a habilitação comum, de categoria B.

Tração traseira

Um veículo de entrega tem de estar preparado para enfrentar qualquer caminho, como pisos irregulares ou ladeiras escorregadias. É nessas situações que a tração traseira da Transit faz toda a diferença, junto com o motor mais potente da categoria, o 2.0 turbodiesel EcoBlue de 170 cv. Além de melhor performance, essa configuração proporciona menor desgaste de pneus, freio e embreagem, aumentando a economia da operação.

Assistência autônoma de frenagem com detecção de pedestres A tecnologia de frenagem autônoma da Transit minibus é um recurso avançado que utiliza radar e câmera para parar o veículo a até 50 km/h e evitar acidentes, ou reduzir o impacto em velocidades maiores, com a exclusiva proteção para pedestres. A versão de passageiros vem ainda com assistente de permanência em faixa e piloto automático adaptativo. E, como toda a linha, também traz de série os controles de estabilidade e tração, adaptativo de carga, anticapotamento e de torque em curvas, além de estabilização de vento lateral e assistência de partida em rampa, que contribuem para uma direção mais segura

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Rock na estrada!

Rock na estrada!

Rock in Rio aquece as reservas de viagens de ônibus pela Buser

+ categorias