Quase lá!
Em apenas 18 meses, Iconic se aproxima de meta de descarbonização para esta década

A ICONIC, gestora das marcas Ipiranga Lubrificantes e Texaco Lubrificantes, tem como meta reduzir em 43% suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) até 2030. A empresa reduziu 17% das suas emissões relativas de GEE e 26% das emissões brutas nos últimos 18 meses (janeiro de 2021 até junho de 2022) em suas unidades operacionais e administrativas, localizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro.  

A iniciativa faz parte do Futuro Sustentável, estratégia de sustentabilidade da companhia, baseada nos pilares de ética e conformidade; saúde, segurança e bem-estar; gestão de matéria-prima, produtos e resíduos; desenvolvimento socioeconômico; inclusão e diversidade; transição energética; e soluções inovadoras.  

A empresa atuou em diferentes frentes para alcançar este resultado. “Realizamos uma série de ações que estão em linha com as metas de redução de emissões, estabelecidas no Acordo de Paris. Por exemplo, a aquisição de energia limpa e caldeiras modulares de última geração, com investimento de R$ 2,5 milhões entre infraestrutura e instalação, que consome 25% de gás a menos que equipamentos similares”, comenta Márcio Aziz, Diretor de Operações da ICONIC.

O executivo ainda cita outras iniciativas para atingir os objetivos de redução de emissões: revisão do plano de manutenção e controle de sistemas de refrigeração, implementação de detectores para identificar antecipadamente qualquer vazamento de gases para atmosfera e uso preferencial de etanol na frota leve da companhia.  

Para alcançar a neutralidade de carbono no futuro, outras iniciativas institucionais estão em andamento e planejamento nas plantas. Por exemplo, a eletrificação de 32 empilhadeiras receberá recursos de R$ 4.3 milhões nos próximos cinco anos. As ações ainda contemplam desativação de caldeiras, racionalização de consumo de gás refrigerante do ar-condicionado e aplicação de biocombustíveis na produção. “Ainda buscamos sinergias em nossa linha produtiva com otimização de processos e uso futuro do biogás”, analisa Márcio.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
Repasse importante!

Repasse importante!

CCR AutoBAn repassou R$ 65 milhões para municípios da região no primeiro semestre

+ categorias