Roraima teve melhorias!
Trecho pavimentado e reabilitação de ponte marcam as obras no estado de Roraima em 2022

Em um ano de trabalho e empenho, é finalmente hora de contabilizar grande parte das realizações do DNIT no estado de Roraima. Foram promovidas melhorias nas rodovias federais, proporcionando mais facilidade para a vida das pessoas e dos condutores que utilizam para locomoção as BR-174/RR, BR-433/RR, BR-432/RR, BR-431/RR, BR-401/RR e BR-210/RR. As obras ajudaram na agricultura, pecuária e no abastecimento do mercado interno e externo, facilitando a trafegabilidade e diminuindo acidentes no extremo norte do Brasil.

No primeiro semestre deste ano, foram entregues as obras do trecho de acesso a Boa Vista, na BR-401/RR, no município de Cantá. Autarquia concluiu serviços de duplicação, restauração e implantação de acostamentos. Ao todo, foram implantados 9 quilômetros de pista dupla ao longo da rodovia federal. Além disso, foram realizados serviços de terraplenagem, drenagem de obras de arte correntes, obras complementares, pavimentação e instalação de dispositivos de segurança, entre os municípios de Boa Vista e Cantá.

No mês de outubro, o DNIT concluiu a pavimentação de 29 quilômetros na BR-432/RR. Os serviços foram realizados no lote 1 do segmento que vai de Novo Paraíso, no município de Caracaraí, até o rio Itã. As equipes realizaram serviços de pavimentação com Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ) e sinalização horizontal no segmento ao longo da extensão da rodovia. O investimento na obra foi de aproximadamente R$ 120 milhões.

Com informações Dnit

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Revitalizada!

Revitalizada!

DNIT executa revitalização na BR-158/GO, em Jataí

Passagem liberada!

Passagem liberada!

DNIT libera parte inferior de viaduto em Eldorado do Sul na BR-290/RS

Revisando o frete!

Revisando o frete!

ANTT anuncia Tomada de Subsídios para rever regras de Piso Mínimo de Frete

+ categorias