Obras serão retomadas!
Decreto de emergência vai permitir retomada de obra e liberação de trecho da BR-101 em Alagoas

O ministro dos Transportes, Renan Filho, anunciou nesta sexta-feira (13) a edição de um decreto de emergência para garantir os estudos e acelerar as obras do trecho interditado da BR-101/AL, na altura da cidade de Marechal Deodoro. Problemas geológicos registrados após fortes chuvas em novembro passado resultaram em deslizamentos de terra e flutuações de nível.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o trecho interditado, que fica o km 120,4 e o km 123, está sinalizado. Equipes da autarquia, além de monitoramento constante, estudam a solução de engenharia para o trecho. Ao todo já são 1 mil metros de pistas afetadas, com elevadas flutuações de nível e movimentações.

“Nós vamos decretar emergência no órgão para a reconstrução daquele trecho, para que a gente possa abrir no mais curto espaço de tempo aquele trecho”, disse o ministro, em entrevista coletiva realizada em conjunto com o governador de Alagoas, Paulo Dantas, na manhã desta sexta no Palácio República dos Palmares, em Maceió.

Liberação

Nesta sexta-feira, o ministro anunciou a liberação da BR-104/AL, interditada desde junho de 2022 no trecho de São José da Laje devido às fortes chuvas que assolaram o estado. As obras de restauração do trecho envolveram a reparação de todo sistema de drenagem profundo, aterro em terra, pavimentação e instalação de sinalização. O investimento foi de R$ 3,8 milhões. “Estamos entregando hoje o desbloqueio da BR-104, que trouxe problemas a algumas rodovias estaduais e federais da região”, destacou.

Entre outras obras previstas estão a duplicação da BR-316, entre Maceió e Pilar, incluindo o polo industrial de Marechal Deodoro (BR-316 e BR-424); a duplicação da BR-101/AL e recuperação de trechos dessa mesma rodovia nas alturas de São Miguel dos Campos e Boca da Mata, onde ocorreram deslizamentos; e a conclusão da interligação, na Serra da Catita, das BR-101 e BR-104, passando por Colônia Leopoldina e por Ibateguara; a reconstrução de trecho da L-110 de Arapiraca até a BR-316.

Com informações Minfra

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Seguindo em frente!

Seguindo em frente!

DNIT segue trabalhando para entregar obras de adequação da BR-230/PB, em Campina Grande

Mais acessível!

Mais acessível!

Região serrana do Rio atrai turismo de inverno com passagens de ônibus acessíveis

Olho no meio ambiente!

Olho no meio ambiente!

Uso de asfalto reciclado pela Arteris pode reduzir em até 50% as emissões de CO2 em comparação ao material convencional

+ categorias