Mais de 6 mil contribuições!
Consulta popular realizada pelo Governo Federal colhe mais de 6 mil contribuições

A consulta popular lançada pelo Governo Federal para ouvir a população sobre as ações prioritárias a serem executadas pelo Ministério dos Transportes e entidades vinculadas nos primeiros 100 dias de gestão registrou mais de 6 mil contribuições. As propostas foram encaminhadas por 1.528 respondentes. Todas as sugestões serão classificadas e avaliadas para estabelecer de que modo elas podem se incorporar ao plano de trabalho com ações prioritárias, caso ainda não estejam contempladas.

No dia em que tomou posse como ministro dos Transportes, Renan Filho assumiu o compromisso de retomar obras paradas por falta de investimento, com transparência e participação da sociedade civil. Dentre as propostas apresentadas na consulta públicas, algumas se tratam de intervenções estritamente municipais ou estaduais. Nesses casos, as proposições serão encaminhadas às ouvidorias dos respectivos órgãos.

Perfil

A maior parte dos respondentes é composta por membros da sociedade e usuários dos serviços de transportes (52%); seguido por atores do mercado, empresas e prestadores de serviço (15%). Órgãos públicos e de controle respondem pela terceira maior parte de sugestões (10%).

A maioria das propostas se refere ao modal rodoviário (31%), seguido do ferroviário (15%) e trânsito (9%). As pessoas que responderam à consulta se debruçaram, principalmente, sobre assuntos que dizem respeito à cobertura e qualidade dos serviços de transporte e trânsito, duplicação e inovação da área de transporte e segurança viária.

Algumas das obras pedidas pelos participantes da consulta já estão contempladas no Plano de 100 Dias, apresentado nesta quarta-feira (18) pelo ministro Renan Filho. Dentre as rodovias beneficiadas com duplicação, manutenção e ampliação, estão as BRs-381/MG, BR-101/AL, BR-116/RS, BR-163/PR, BR-470/SC, BR-364/AC, BR-080/GO e BR-386/RS. Também foram sugeridas e já estão previstas obras em travessia urbana e aumento da malha ferroviária.

A consulta popular colheu sugestões entre os dias 10 e 16 de janeiro, por meio de um formulário elaborado com base na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP). Além das propostas para a infraestrutura viária, a consulta ouviu a população sobre a performance dos modais rodoviário e ferroviário, com notas variando entre zero (péssimo) e cinco (ótimo). Os eixos temáticos avaliados incluem a integridade dos órgãos do setor, eficiência logística, contribuição para o desenvolvimento do país, satisfação com os serviços, competitividade, segurança jurídica, transporte de passageiros e integração com outros modais de transporte, dentre outros.

Com informações Minfra

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Cuidado no transporte!

Cuidado no transporte!

Transporte clandestino cresce 54% no Brasil. De janeiro a outubro do ano passado, a ANTT  autuou 1.287 veículos

Em destaque!

Em destaque!

Mercado de trabalho no transporte é destaque do panorama econômico atual do Brasil

Pesados crescendo!

Pesados crescendo!

Movimento de veículos pesados impulsiona tráfego nas rodovias de São Paulo e Rio de Janeiro

+ categorias