Para otimizar!
Empresas investem em novas tecnologias para otimizar a entrega de encomendas no país

Não é novidade para ninguém que a pandemia atribuiu uma nova face ao consumo. Para navegar junto ao crescimento das compras digitais, a logística foi um dos setores que mais agiu rapidamente e tirou do papel o lançamento de tecnologias que eram previstas apenas para as próximas décadas. No Brasil, o desafio foi ainda maior.

Por conta do tamanho geográfico do país, o segmento enfrenta obstáculos como o tempo de entrega, os tipos de transporte e a infraestrutura, ainda mais em endereços fora do perímetro urbano. De acordo com a Associação Brasileira dos Operadores Logísticos, as logtechs investem R$ 750 bilhões anuais para manter o setor atualizado. Esse dado, segundo o Branco Mundial, coloca o país em 61º no ranking global de desempenho logístico.

Para Éder Medeiros, Diretor do Melhor Envio, plataforma de intermediação logística entre vendedores virtuais e transportadoras, a modernização contínua é essencial para o sucesso do mercado: “Durante a pandemia, os empreendedores que ainda relutavam ingressar no online não viram outra saída a não ser se adaptar. O interessante é que, mesmo com o fim das restrições de isolamento, eles perceberam o poder dessa via de vendas e se mantiveram conectados. Para as empresas logísticas, a aderência ao comércio eletrônico é um sinal de potencial de mercado e oportunidade de crescimento”.

Nos últimos anos, a empresa, que tem como objetivo facilitar o acesso ao frete e otimizar os serviços logísticos para PMEs, investiu em centros de coleta e distribuição de encomendas, parcerias estratégicas com grandes marcas do mercado, programas de fidelidade para os empreendedores e uma evolução de um de seus principais produtos, o serviço de rastreamento de envios, nomeado de Melhor Rastreio.

“Estamos sempre monitorando as dores e desejos dos empreendedores para trazer soluções que otimizem ainda mais o e-commerce. O Melhor Rastreio é um serviço gratuito no qual os vendedores podem acompanhar pacotes de diversas transportadoras e receber notificações de novas atualizações de forma simples e descomplicada”, conta Medeiros.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Mais faixas!

Mais faixas!

Obras de duplicação da Rodovia dos Imigrantes (BR-070) começaram na semana passada

Transporte verde!

Transporte verde!

CNT lança publicação sobre o diesel verde, alternativa de baixo carbono para o transporte rodoviário

Alaska é mil!

Alaska é mil!

HC Hornburg entrega milésimo Alaska para Trilix Distribuidora

+ categorias