Aniversariando e se modernizando!
Rodovia Anhanguera completou 75 anos no último sábado

Uma das mais importantes vias  de São Paulo e principal ligação entre a capital paulista e a região norte do Estado, a rodovia Anhanguera (SP-330), está completando 75 anos neste sábado (22 de abril). Em 1948 foi inaugurado o primeiro trecho, entre São Paulo e Jundiaí, pavimentado inicialmente com placas de concreto, que consumiram mais de 500 mil sacos de cimento.

Atualmente, a SP-330 tem cerca de 450 quilômetros e liga a cidade de São Paulo até a divisa com Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro. O início da Via Anhanguera é o km 11, que é a distância em quilômetros até a Praça da Sé, considerado o “Marco Zero” de São Paulo e de onde inicia a contagem de todas as rodovias que partem da Capital.

Desde 1º de maio de 1998, o trecho entre os municípios de São Paulo e Cordeirópolis é administrado pela CCR AutoBAn por meio do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado. Nestes 25 anos de atuação da concessionária, mais de R$ 8 bilhões (base julho/22) foram investimentos em importantes obras de ampliação e modernização da rodovia, bem como na conservação e atendimento aos milhares de motoristas que trafegam pela via diariamente.

 Um dos principais marcos desta transformação promovida pela concessionária é o Complexo Anhanguera, na chegada da rodovia à Marginal Tietê, em São Paulo. Inaugurado em 2010, o complexo incluiu a construção de dezessete novos viadutos e pontes, criação de novos acessos, implantação de retornos, melhoria de trevos, faixas adicionais, pistas marginais e passarelas. O Complexo Anhanguera melhorou significativamente a fluidez da rodovia na região da Grande São Paulo, trecho com grande tráfego de veículos.

Outra obra de grande importância é o Complexo Viário de Jundiaí, construído entre 2016 e 2018.  Na primeira fase, inaugurada no dia 15 de novembro de 2017, foram construídas as alças de acesso da pista sul (sentido interior-capital) da Via Anhanguera para a avenida Nove de Julho, com a implantação de dois viadutos, ponto de ônibus e ampliações/ordenações nas vias marginais sentido sul.

Na segunda fase, inaugurada em 2018, foi construído um novo viaduto sobre a Via Anhanguera, na altura do km 58+900 da rodovia. Esta transposição, que liga as avenidas Osmundo Pelegrini e Jacyro Martinasso, resultou em uma nova interligação entre os bairros Medeiros, Eloy Chaves e Fazenda Grande ao centro de Jundiaí. Também foram realizadas melhorias nas vias marginais da rodovia, entre os quilômetros 58+400 e 60+200 da pista norte (sentido capital-interior) e construção de uma passarela.

Além destes importantes complexos, a CCR AutoBAn também investiu na construção de marginais e faixas adicionais em diversos segmentos ao longo da rodovia e promoveu melhorias em dispositivos de retorno e acesso aos municípios abrangidos pela malha viária. Também promove constantemente a recuperação de pavimento, roçada, melhorias no sistema de drenagem e revitalização de placas e sinalização no solo ao longo de todo o trecho.

Está sendo executada atualmente pela concessionária a implantação de faixa adicional na pista sul (sentido Capital) no trecho do km 21+350 ao km 23+250. Esta obra irá proporcionar melhores condições de fluidez na rodovia e contribuirá para facilitar o acesso ao trecho oeste do Rodoanel, que corta a Anhanguera no km 22. O investimento nesta obra é de R$ 19,2 milhões, com geração de 300 empregos diretos e indiretos. O prazo para conclusão é setembro de 2024.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Agora estabilizou!

Agora estabilizou!

Preço do GNV registra estabilidade na Região Sudeste na primeira quinzena de maio

E a Scania é 500 mil!

E a Scania é 500 mil!

Montadora celebra 500 mil caminhões produzidos no Brasil com modelo 460 R Super personalizado

+ categorias