Emissão? Só vapor d’água!
Volvo começa a testar caminhões a hidrogênio em estradas na Europa

Volvo Trucks está de olho na descarbonização do setor de transportes e começa para valer os testes com célula de combustível a hidrogênio nas estradas do norte da Suécia. Os veículos que só emitem vapor d’água farão parte já já da prateleira de soluções da montadora sueca.

No ano passado, a marca exibiu seus caminhões elétricos a célula de combustível pela primeira vez. Com emissão zero, esses veículos usam hidrogênio para gerar eletricidade a bordo, tornando-os adequados para o transporte eletrificado em longa distância. Agora, esses caminhões já estão sendo testados em vias públicas. Mas não numa estrada qualquer: eles rodam acima do círculo polar ártico, no norte da Suécia, num clima extremamente frio, em testes bastante desafiadores.

“Os caminhões operam sete dias por semana e em todos os tipos de ambiente. As condições adversas nas vias públicas no norte da Suécia, com gelo, vento e muita neve, proporcionam um ambiente ideal de testes,” diz Helena Alsiö, vice-presidente de gestão de powertrain da Volvo Trucks. “Fico feliz em afirmar que tudo está indo muito bem, numa sequência bem-sucedida dos testes que havíamos feito inicialmente em ambiente virtual e depois também em nosso campo de provas interno”.

Disponíveis ainda nesta década

Os caminhões elétricos movidos com célula de combustível a hidrogênio serão especialmente adequados para distâncias longas, em trajetos em que usar apenas baterias não é uma boa opção, por falta de infraestrutura de recarga.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Uma venda cultural!

Uma venda cultural!

Mercedes-Benz inicia entrega 36 Sprinter para iniciativa cultural MovCEU

Mais uma!

Mais uma!

Ram inaugura Ram House em Florianópolis (SC). Essa é a quarta unidade da marca no país

Tecnologia que salva!

Tecnologia que salva!

Número de pessoas que perderam a vida em rodovias federais é o maior dos últimos seis anos

+ categorias