Só no hidrogênio!
Ford testa E-Transit elétrica com células de combustível de hidrogênio no Reino Unido

A Ford está testando no Reino Unido uma nova versão da van elétrica E-Transit que usa eletricidade gerada por células de combustível de hidrogênio, em vez de bateria convencional. Essa tecnologia tem potencial para atender, principalmente, veículos comerciais maiores e mais pesados, em aplicações que requerem maior autonomia e uso intensivo de energia, com emissões zero.

As células de combustível de hidrogênio produzem eletricidade combinando o hidrogênio transportado em um tanque no veículo com oxigênio. A única emissão resultante desse processo é água.  O sistema funciona como uma “bateria a gás” para aumentar a autonomia e permitir um carregamento mais rápido que as baterias sólidas conectadas à rede elétrica. Ele pode beneficiar os transportadores que percorrem longas distâncias com carga máxima e usam equipamentos auxiliares, como refrigeração, e encontram dificuldade para recarregar a bateria durante o turno de trabalho.

A frota de teste é composta por oito Ford E-Transits com células de combustível de hidrogênio, que vão rodar durante três anos, até 2025. O estudo permitirá saber o custo total de propriedade e de operação e o tempo de atividade de uma van grande com emissões zero, comparado a uma equivalente a diesel.

Os protótipos serão equipados com células de combustível de alta potência e tanques de hidrogênio otimizados com foco na segurança, capacidade, custo e peso. O projeto vai avaliar também a infraestrutura necessária para o reabastecimento de hidrogênio e a reciclagem de componentes do veículo ao fim de sua vida útil.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Atendendo a pedidos!

Atendendo a pedidos!

Volvo já oferece caminhões FH que podem rodar com 100% de Biodiesel

De fretado com Volare!

De fretado com Volare!

Estt Brasil Transportes e Turismo compra sete micros Volare para operação de fretamento

Assento reservado!

Assento reservado!

Avança reserva de assento a pessoa com obesidade mórbida no transporte coletivo

+ categorias