Manutenção garantida!
Governo Federal garante manutenção em 100% da BR-364 no Acre

Em continuidade às ações do Governo Federal em retomar obras e ações nas rodovias sob administração do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) o Ministério dos Transportes assinou nesta terça-feira (30) duas ordens de início dos serviços (OS) de manutenção e conservação da BR-364/AC. Os contratos preveem a realização de trabalhos rotineiros pelos próximos três anos em 116 quilômetros da rodovia a um investimento total de aproximadamente R$ 174,9 milhões.

Com a assinatura das OS pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, e pelo diretor-geral do DNIT, Fabrício de Oliveira Galvão, a BR-364/AC, no município de Tarauacá (do km 620,9 (rio Gregório) ao km 682,9 (rio Liberdade)), totalizando 62 quilômetros começa a receber imediatamente ações de tapa-buraco, roçada, melhorias na sinalização, limpeza, desobstrução dos dispositivos de drenagem, entre outros serviços.

O segmento integra o lote 7 da rodovia terá um investimento de aproximadamente R$ 92 milhões, e era o único trecho da BR-364/AC que estava sem serviços de manutenção no Estado do Acre. Desta forma, as ações rotineiras vão beneficiar diretamente à população das cidades do entorno como Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Também foi assinada a OS do lote 2 garantindo a continuidade dos serviços no segmento entre o km 125 (Rio Branco) até o km 179 (Rio Andirá), totalizando 54 quilômetros de extensão, possui contrato de manutenção vigente. Contudo, este contrato está próximo de terminar e para evitar a descontinuidade dos serviços o DNIT já garante assim as ações pelos próximos três anos. Neste trecho, o novo contrato prevê investimento de aproximadamente R$ 82,9 milhões.

Vale destacar que a BR-364/AC é a única rota terrestre entre a capital Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Pela rodovia passam produtos oriundos da pecuária, agricultura familiar e extração de madeira por meio de manejo florestal. Portanto, garantir condições adequadas de trafegabilidade com a sua manutenção é fundamental para a economia dos municípios interceptados pela via.

Com informações Dnit

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Proposta apresentada!

Proposta apresentada!

ANTT apresenta proposta de revisão da Política Nacional dos Pisos Mínimos de Frete

Ponte Binacional vem aí!

Ponte Binacional vem aí!

DNIT lança edital de construção da Ponte Binacional Brasil-Bolívia, no Rio Mamoré

Colocou, vendeu!

Colocou, vendeu!

Ford Ranger Raptor esgota a venda das primeiras 400 unidades em cinco horas

+ categorias