Só na energia solar!
Energia solar abastece mais de 1.300 pontos das rodovias concedidas do Estado

As concessionárias de rodovias do Estado de São Paulo, gerenciadas e fiscalizadas pela ARTESP utilizam mais de 1,3 mil pontos abastecidos por energia solar ao longo dos 11,1 mil quilômetros de malha concedida. Esse tipo de energia limpa é responsável pelo atendimento de demanda de equipamentos como call boxes, painéis de mensagem variável (PMVs), praças de pedágio, redes de wi-fi, postos de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), câmeras de monitoramento, entre outros.

E, neste 5 de junho, data instituída em 1974 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, a utilização de energia limpa na operação da malha viária é uma das iniciativas sustentáveis a ser comemorada pela ARTESP e concessionárias de rodovias. A data criada pela ONU tem o objetivo de chamar a atenção da população sobre os problemas ambientais e conscientizar a todos sobre a proteção e a preservação da natureza e do meio ambiente.

“Investir em tecnologias sustentáveis, principalmente na área energética, além de minimizar a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera, torna mais eficiente as operações e minimiza os danos ambientais”, ressalta Milton Persoli, diretor geral da ARTESP.

Uso consciente da energia solar

Para produzir a energia solar é necessário a implantação de painéis fotovoltaicos. A energia é gerada pelas placas e conduzida a um equipamento que a transformará em corrente elétrica, que será distribuída para os pontos de consumo e equipamentos. Esse tipo de energia é gerado inclusive em dias nublados ou frios pois os painéis captam a radiação dos raios solares e não dependem totalmente do calor. Conheça alguns pontos, ao longo dos 11,1 mil quilômetros de malha viária concedida, em que esse recurso é aplicado:

A Rodovia Carvalho Pinto (SP-070), em São José dos Campos, possui uma usina solar instalada pela Ecopistas no Km 92, tem capacidade para gerar mais de 11 mil kWh/mês e 135,7 MWh ao ano. Com isso, além da economia, a concessionária deixa de emitir aproximadamente 40 toneladas de CO² na atmosfera por ano, o equivalente a plantar 285 árvores. Já a unidade do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), localizado no Km 48, da Rodovia dos Tamoios (SP-099) é 100% sustentável, pois é abastecida por 65 painéis solares. 

Outro sistema rodoviário importante, responsável pela ligação entre o Planalto e o Litoral Sul, o Sistema Anchieta/Imigrantes (SAI) também utiliza esse tipo de energia em aproximadamente 260 pontos ao longo da malha viária, sob gestão da Ecovias. No interior do Estado, nos 570 quilômetros sob gestão da Entrevias, o uso de energia solar nas operações e infraestrutura soma mais de 2 mil MW/ano, equivalente ao consumo de mais de 1.200 residências.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Mais faixas!

Mais faixas!

Obras de duplicação da Rodovia dos Imigrantes (BR-070) começaram na semana passada

Transporte verde!

Transporte verde!

CNT lança publicação sobre o diesel verde, alternativa de baixo carbono para o transporte rodoviário

Alaska é mil!

Alaska é mil!

HC Hornburg entrega milésimo Alaska para Trilix Distribuidora

+ categorias