E só de gás andarás!
Scania apresenta G410 X-gás com autonomia de 900 km. Veículo tem 16 cilindros para abastecimento

Enquanto a montanha não vem a Maomé, Maomé foi até a montanha. De olho em uma maior amplitude de operação com caminhões a gás GNV ou Biometano, a Scania foi lá e “tacou” mais cilindros em seu caminhão e agora o modelo G410 batizado de X-gás quase vai do Oiapoqué até o Chuí. Brincadeira a parte, o veículo apresenta a grande novidade de alcançar 900 quilômetros de autonomia.

Se levarmos em consideração que a rede de abastecimento para caminhões com alta vazão no país ainda está só deixando de engatinhar, a montadora tem toda a razão em se antecipar e aumentar a autonomia de seus veículos. O modelo em questão é um 8×2 com chassi rígido. E aí outra novidade: vai possibilitar puxar Romeu e Julieta. Com o implemento, o transportador pode levar 16 pallets no primeiro conjunto e 14 no segundo conjunto.

São oito cilindros com capacidade de 118l e outros oito de 95l, totalizando 406 metros cúbicos de gás

E para deixar o G410, que possui um bom torque de 2.000 N.m, com essa autonomia, a Scania colocou mais 8 cilindros de gás (os atuais 340cv e 410cv tem quatro cilindros com autonomia de 400 km), perfazendo um total de 16 cilindros. São oito cilindros com capacidade de 118l e outros oito de 95l, totalizando 406 metros cúbicos de gás no chassi longo com entre-eixos de de 6.950mm.

“O Scania X-gas é um orgulho para a engenharia brasileira da marca e um projeto que pretende mudar o perfil do transporte mais sustentável no país. Já estamos fazendo sucesso com os modelos de 410cv, vendidos desde 2019. A partir do último trimestre do ano, este novo modelo já poderá ser vendido, seguindo todas as normativas de homologação. Mas, a partir de agora já podemos receber encomendas”, afirma Marcelo Gallao, diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios da Scania Operações Comericais Brasil.

A montadora desde 2019 já vendeu mais de 700 veículos a gás aqui no Brasil e a novidade já poderá ser encomendada no final deste ano, quando ganha um espaço definitivo na linha de montagem da planta de São Bernardo do Campo. A montadora revelou ainda que para o ano que vem já prepara um cavalo mecânico com 460 cv de potencia para puxar 74 ton no lombo. Com certeza o gás veio para ficar!

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Atendendo a pedidos!

Atendendo a pedidos!

Volvo já oferece caminhões FH que podem rodar com 100% de Biodiesel

De fretado com Volare!

De fretado com Volare!

Estt Brasil Transportes e Turismo compra sete micros Volare para operação de fretamento

Assento reservado!

Assento reservado!

Avança reserva de assento a pessoa com obesidade mórbida no transporte coletivo

+ categorias