Bom de montanha!
Mercedes-Benz lança rodoviários O 500 mais potentes para países andinos e mercados da América Latina

Para não fazer feio nos trechos mais sinuosos e montanhosos dos países andinos, a Mercedes-Benz lançou novos chassis de ônibus rodoviários para os países da região. Os combatentes atendem pelos nomes: O 500 RSD 2448 6×2 de 478 cv e O 500 RS 1945 4×2 de 448 cv. Equipados com itens de avançada tecnologia de segurança, esses modelos passam a fazer parte do portfólio da marca oferecido a clientes de países da região que atuam em operações de transporte rodoviário e de fretamento.

Os dois modelos de chassis de ônibus rodoviários são produzidos pela Mercedes-Benz do Brasil em sua fábrica de São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo. A linha de produção desses veículos é a mais avançada do setor no País, utilizando conceitos da Indústria 4.0.

Novos combatentes para aguentar o tranco nos trechos de montanhas

Tanto o O 500 RSD 2448 6×2 de 478 cv@1.800 rpm e torque de 2.300 Nm@1.100 rpm, “El más potente”, como o O 500 RS 1945 4×2 de 448 cv@1.800 rpm e torque de 2.200 Nm@1.100 rpm, se destacam pelo motor Mercedes-Benz OM 460 de 6 cilindros e 12,9 litros, similar à versão consagrada no caminhão extrapesado Mercedes-Benz Actros. Os veículos atendem as legislações locais de emissões com a consagrada tecnologia Euro 5.

Os veículos foram testados nas mais rigorosas condições de altitude e temperatura nos países Brasil, Peru, Chile e México. “O desenvolvimento destes veículos foi pensado em atender principalmente as operações andinas, segmento mineração e turismo” diz Mauricio Yamamoto, Managing Director de Ônibus para a América Latina.

“Para obter mais potência e eficiência, lançamos o motor OM 460 para os veículos O500 que atendem os países andinos e outros mercados latino-americanos o qual possui o aumento da capacidade volumétrica para 12,9 litros, novo turbo compressor com pressão de 2.4 bar e nova pressão de injeção de diesel de 2.200 bar para garantir uma melhor pulverização do combustível e queima mais efetiva”, diz Jens Burger, diretor geral do Centro Regional Daimler América Latina. “Além disso, passou a ser equipado com novo módulo de controle do motor, nova arquitetura eletrônica e Visctronic, controle inteligente do ventilador do radiador”.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
+ categorias