Ainda pode melhorar!
Primeiro semestre tem diesel, etanol e GNV mais baratos nos postos, aponta Panorama Veloe de Indicadores de Mobilidade

O primeiro semestre de 2023 se encerrou com combustíveis mais baratos para quem abastece com diesel, GNV e etanol. É o que revela a nova edição do Panorama Veloe de Indicadores de Mobilidade, que tem como referência o mês de junho e é publicado em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).  

De acordo com os números do levantamento, as quedas registradas nos primeiros seis meses do ano abrangeram quatro dos seis combustíveis monitorados pela parceria: diesel S-10 (-20,7%), diesel comum (-20,2%), GNV (-11,3%) e etanol hidratado (-0,3%). Em contraste, o balanço do período identificou aumentos nos preços médios cobrados para abastecimento com gasolina comum (+10,0%) e gasolina aditivada (+8,4%). Consumidores de unidades federativas da região Norte – com destaque para Amazonas e Rondônia – foram os mais afetados, com aumento médio de 15,0% no valor cobrado pelo litro da gasolina comum.

Comparativamente, os dados de junho evidenciaram que todos os seis combustíveis monitorados apresentaram quedas nos respectivos preços médios, embora com magnitudes distintas: diesel comum (-6,1%), diesel S-10 (-6,1%), etanol hidratado (-4,7%), GNV (-1,4%), gasolina comum (-0,5%) e aditivada (-0,1%).

Diversos fatores têm colaborado para explicar a dinâmica recente dos preços praticados no mercado interno, dentre os quais se incluem o comportamento dos preços internacionais do petróleo e seus derivados, a apreciação da moeda brasileira, mudanças na política de preços praticados pela Petrobrás, a vigência do novo modelo de cobrança de impostos pelos estados e Distrito Federal (ICMS), além da sequência de reajustes de preços para as distribuidoras, também anunciados pela Petrobrás.  

Como resultado da interação desses e outros fatores no tempo, no horizonte ampliado dos últimos 12 meses, todos os seis combustíveis registraram quedas expressivas em seus respectivos preços: diesel comum (-29,9%), diesel S-10 (-29,5%), gasolina comum (-25,2%), gasolina aditivada (-24,4%), etanol hidratado (-22,8%) e GNV (-18,4%).

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Novas tarifas!

Novas tarifas!

Tarifas de linhas semiurbanas de diversas regiões do país são atualizadas

Quase real!

Quase real!

Honeywell melhora sua experiência de treinamento industrial com tecnologia de realidade aumentada

+ categorias