Números subindo!
Marcopolo vai subindo e tem receita líquida consolidada de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre de 2023

A Marcopolo vem voando baixo neste 2023. Nem que pese a mudança de legislação do Euro 6 que está emperrando e dificultando as vendas no país, a fabricante não tem do que reclamar. Tanto que a empresa registrou receita líquida consolidada de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre de 2023, crescimento de 18,5% em relação ao 2T22. Desse total, R$ 721,8 milhões são provenientes do mercado interno, R$ 246,9 milhões das exportações a partir do Brasil e R$ 395,8 milhões das operações internacionais da companhia.

No período, o segmento de maior representatividade para a companhia foi o de ônibus rodoviários, com o sucesso de vendas do G8, resultando em entregas de veículos de maior valor agregado. A estratégia rendeu à companhia uma receita líquida total consolidada de rodoviários de R$ 530,9 milhões, contra R$ 331,8 milhões no 2T22.

“Para fortalecermos a nossa atuação no segmento de rodoviários, investimos em soluções cada vez mais completas e com tecnologias de ponta, pensadas no conforto e segurança dos passageiros. A estratégia rendeu um acréscimo do volume de vendas de produtos com maior valor agregado”, pontua André Armaganijan, CEO da Marcopolo.  

Com o cenário, a companhia teve um lucro bruto de R$ 276,2 milhões de 2T23, com margem de 20,2%, contra R$ 131,3 milhões e margem de 11,4% no 2T22. O EBITDA foi de R$ 158 milhões no 2T23, com margem de 11,6%, versus um EBITDA de 51,6 milhões e margem de 4,5% no 2T22.

O lucro líquido consolidado do 2T23 foi de R$ 140,5 milhões, com margem de 10,3%, contra R$ 26,8 milhões e margem de 2,3% no 2T22.

Além do fortalecimento no segmento de rodoviários, a companhia aposta em seu modelo de urbano elétrico, o Attivi, com carroceria e chassi da marca. O modelo está em homologação, com programação para a produção do segundo lote de 100 unidades, além das 30 já produzidas.

O segundo trimestre de 2023 marcou o início da transição da motorização Euro 5 para Euro 6. Com isso, a produção consolidada da Marcopolo foi 3.010 unidades no 2T23, sendo 2.459 unidades feitas no Brasil, 12,6% inferior à do 2T22.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Para a escola de Iveco!

Para a escola de Iveco!

Iveco Bus já recebeu mais de 1.3 mil pedidos de ônibus para o Caminho da Escola

Olha o prazooo!

Olha o prazooo!

Prazo para exame toxicológico vence dia 30 para 3,4 milhões de motoristas que estão em situação irregular

+ categorias