Produção seriada e “zerada”!
ZF inicia fornecimento seriado de produtos para primeiro ônibus elétrico fabricado no Brasil

A ZF iniciou neste semestre o fornecimento seriado de produtos para o primeiro ônibus elétrico produzido no Brasil. O acordo com a Marcopolo foi específico para o modelo Attivi Integral, lançado em 2021 com produção iniciada no segundo semestre de 2022. Esse acordo inaugurou o fornecimento de produtos ZF para ônibus elétricos fabricados no Brasil. Entre os produtos fornecidos estão o compressor exclusivo para veículos elétricos, E-comp, produzido em Hannover, Alemanha, e os amortecedores Air Spring, produzidos pela unidade industrial da ZF na Argentina.

De acordo com Silvio Furtado, Vice-Presidente de Soluções para Veículos Comerciais e Tecnologia Industrial na ZF América do Sul, há perspectivas positivas de volume de fornecimento desses produtos, uma vez que algumas prefeituras ao redor do País têm adotado políticas de incentivo à mobilidade sustentável e à redução da emissão de poluentes, o que inclui a exigência ou incentivo à circulação de ônibus elétricos nas cidades”.

Em São Paulo, por exemplo, há o programa “Ônibus Elétrico Zero Emissão”, que visa substituir gradualmente a frota de ônibus convencionais por ônibus elétricos. A meta é que, até 2028, todos os ônibus da cidade sejam elétricos. Além das capitais Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis, que também possuem planos de expansão de frotas elétricas. “A expectativa é que a produção voltada para o novo Attivi Integral supere 100 unidades/ano, o que é um bom resultado, considerando que a frota de ônibus elétricos ainda é pequena no País”, prevê.

Os produtos fornecidos para a Marcopolo passaram por testes de validação, além de calibrações exclusivas para aplicação no novo ônibus, que tem 13,25 metros de comprimento, capacidade total para 89 passageiros e autonomia de cerca de 250 quilômetros. São equipamentos ideais tanto para ônibus na configuração de piso baixo como para modelos de piso alto. O E-comp da ZF foi desenvolvido exclusivamente para veículos elétricos, enquanto os amortecedores Air Spring também encontram aplicação em veículos movidos à combustão.

Para Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais Mercado Interno e Marketing da Marcopolo, “o ônibus elétrico já é uma realidade nos principais mercados do mundo para uma mobilidade sustentável e a meta de descarbonização. Escolhemos a ZF como parceira para fornecer sistemas para o Attivi Integral pela expertise que a fabricante possui como tradicional fornecedora global de sistemas para veículos comerciais pesados e pela qualidade e confiabilidade de seus produtos”, analisa.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Para a escola de Iveco!

Para a escola de Iveco!

Iveco Bus já recebeu mais de 1.3 mil pedidos de ônibus para o Caminho da Escola

Olha o prazooo!

Olha o prazooo!

Prazo para exame toxicológico vence dia 30 para 3,4 milhões de motoristas que estão em situação irregular

+ categorias