Presente “verde” para Curitiba!
Volvo Buses inicia a descarbonização no transporte de passageiros no país com o BZL elétrico em Curitiba (PR)

No meu quintal mando eu! É dessa forma que a Volvo Buses inicia seu processo de descarbonização do transporte de passageiros no Brasil. E claro, nada mais justo que começar tal feito “em casa”, na capital paranaense.

A partir de semana que vem quem rodar nas linhas Inter 2 e Interbairros II, que interligam de forma circular dezenas de bairros da cidade andará de BZL 100% elétrico, o mais novo combatente da marca sueca aqui no continente Sul Americano. O veículo 4×2 de 12.6 m de comprimento com carroceria Attivi da Marcopolo desenvolvido pelos padrões da URBS, o órgão gestor de transporte público da capital, é destinado a operações urbanas e metropolitanas e tem um motor elétrico de 200 kW, equivalente a 272 cv de potencia, 425 N.M de torque e autonomia para até 300 km, com um pack de quatro baterias que recarregam de 2h a 5h para transportar até 80 passageiros.

BZL da Volvo Buses tem autonomia de até 300 km

A demonstração na capital do estado na Viação Sorriso, uma das operadoras do sistema da cidade, faz parte do atendimento dos requisitos do edital publicado pela URBS para a aquisição de veículos elétricos para a cidade a partir de 2024. “Curitiba é onde fica nossa fábrica e nossa sede no continente. Temos uma longa parceria com a cidade no desenvolvimento de ônibus para o sistema de transporte de passageiros, que virou referência no mundo em BRT (Bus Rapid Transit), com os articulados e biarticulados Volvo. Tenho certeza de que com os ônibus elétricos seguiremos esse mesmo caminho bem-sucedido”, declara André Marques, presidente da Volvo Buses na América Latina.

E o BZL é só o começo. A montadora quer pegar forte no processo de descarbonização do transportes de passageiros e tem a meta de até 2030 que 50% de seus ônibus que saem das fábricas pelo mundo sejam elétricos. “E para isso, já estamos em desenvolvimento de uma linha completa de elétricos que além do BZL, será composta por mídis, articulados e biarticulados”, adiantou Alexandre Selski, diretor de eletromobilidade em ônibus da Volvo. E claro, o meio ambiente e Curitiba, bate palmas!

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Para a escola de Iveco!

Para a escola de Iveco!

Iveco Bus já recebeu mais de 1.3 mil pedidos de ônibus para o Caminho da Escola

Olha o prazooo!

Olha o prazooo!

Prazo para exame toxicológico vence dia 30 para 3,4 milhões de motoristas que estão em situação irregular

+ categorias