Bom, pero no mucho!
Produção de caminhões reage em agosto mas números não são para empolgar

Sinais de melhora mas não para se empolgar. É assim que a Anfavea analisa os números de produção de caminhões no país em agosto, divulgado pela associação na semana passada. Foram ao todo 9.6 mil caminhões ou um crescimento de 42.6% em ralação a julho.

Aí entra a “forcinha” da Medida Provisória 1.175/23 que está dando os descontos nos veículos. Mas se analisarmos o período como um todo, queda novamente. Nos primeiros oito meses de 2023 saíram das linhas de produção 63.5 mil unidades ou queda de 37.5% quando foram produzidas no ano passado 101.7 mil veículos de nossas montadoras no mesmo período.

“A adesão do mercado aos novos produtos para com o Proconve P8 custa a se efetivar e a produção ainda esta se adequando ao momento”, comenta o presidente da Anfavea, Marcio Leite.

Em relação a MP, ela dura até próximo dia 3 de outubro e ainda restam mais de R$ 700 milhões disponíveis para que o mercado realize a “troca” de veículos antigos por novos. De acordo com a Anfavea, até o momento foram 400 veículos comprados por meio do programa do governo.  Que até lá sejam comprados mais para que esses números melhorem! Esse ano está difícil!

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ dessa categoria
Caminhão do Consórcio!

Caminhão do Consórcio!

Scania Consórcio lança ação ‘Caminhão do Consórcio’ com pacote extra de acessórios e benefícios

Pãozinho quente elétrico!

Pãozinho quente elétrico!

Iveco aposta agora na chegada da eDaily para entrar definitivamente na eletromobilidade no Brasil

Na coleta sem barulho!

Na coleta sem barulho!

FM Elétrico da Volvo inicia operação de coleta de lixo na cidade de Curitiba (PR)

+ categorias