Um setor de luto!
Setor de transporte coletivo urbano perde Otávio Vieira da Cunha Filho, presidente da NTU

Um dos pioneiros do transporte coletivo urbano no Brasil, Otávio Vieira da Cunha Filho, 81 anos, faleceu esta manhã, em Brasília. Muito atuante no setor, Otávio era presidente-executivo da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) desde 1993, mas já atuava na Associação desde sua fundação, em 1987.

Otávio Cunha conhecia bem o setor e teve uma trajetória marcada por realizações e pelo reconhecimento de seus pares: atuou como empresário de transporte urbano de passageiros por mais de 40 anos; teve atuação destacada como dirigente setorial, tendo exercido, antes da NTU, a função de diretor do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belo Horizonte (Setra/BH) e presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET/São Luis); participou de Comissão Especial criada pela Presidência da República para reduzir as tarifas e melhorar o serviço de transporte coletivo nas cidades brasileiras, entre tantas atividades de um legado de grande relevância para o transporte público coletivo.

À frente da NTU, Otávio Cunha defendia a reestruturação do transporte coletivo urbano no Brasil, por meio da criação de um novo marco legal, capaz de devolver a eficiência a esse serviço e a tão desejada tarifa módica. Sempre empenhado em contribuir com melhorias nesse serviço público, sua trajetória no setor começou bem antes, em 1965, quando iniciou a carreira empresarial em João Monlevade (MG). Em 1975 mudou-se para Belo Horizonte, onde cursou as faculdades de Administração e Ciências Contábeis na PUC-MG, continuando sua atuação na área de transportes urbanos. Posteriormente, em 1984, transferiu suas atividades empresariais para São Luis no Maranhão.

Otávio Cunha era natural de Matias Barbosa (MG) e deixa a esposa Jurema, os filhos Marcelo, Roberto e Paula, e cinco netos. Será cremado em Valparaiso de Goiás, no Entorno de Brasília. Não haverá velório.

Compartilhe essa matéria em suas redes sociais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ dessa categoria
+ categorias